Fotografia: LUSA

O Benfica assumiu a vice-liderança do Campeonato Português com a goleada (6 x 2) deste domingo (23) sobre o Sporting de Braga, no estádio da Luz, em Lisboa, e beneficiado pela derrota (1 x 0) que o Sporting sofreu fora de casa para o Vitória de Guimarães, perdendo a invencibilidade desde que o técnico holandês Marcel Keizer assumiu e venceu os últimos seis jogos.

A GOLEADA – O meia português Pizzi fez 1 x 0 e o zagueiro brasileiro Jardel, catarinense de 32 anos, 1,91m, marcou o segundo gol. Na volta do intervalo, o lateral-esquerdo espanhol Alejandro Grimaldo, 23 anos, fez o terceiro. O quarto gol foi do paulista Jonas, 34 anos, no Benfica desde 2011, um ano após ter sido artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2010 pelo Grêmio. O meia argentino Franco Cervi, 24 anos, fez o quinto, e o zagueiro português André Almeida, 28 anos, fechou a goleada.

DYEGO SOUZA – O meia maranhense Dyego Sousa, 29 anos, em Portugal desde 2012, fez o primeiro gol do Braga, quando o Benfica já vencia por 3 x 0. Foi do meio-campo português João Novais o segundo gol, quando estava 4 x 1. O técnico Abel Ferreira, do Sporting de Braga, reconheceu que seu time fez a pior apresentação do atual campeonato, mas não tirou os méritos benfiquistas, sob o comando do treinador Rui Vitória.

VIRADA DO LÍDER – O FC Porto foi surpreendido com o gol do carioca Carlos Vinícius, 23 anos, 1,90m, que fez o gol do Rio Ave logo aos 10 minutos, calando os torcedores no estádio do Dragão. O Porto virou em 10 minutos, com os gols dos atacantes Yacine Brahimi, francês de 28 anos, aos 16, e Moussa Marega, malinês de 27 anos, aos 36 minutos. O jogo continuou sob controle do líder, que ainda teve chances de ampliar o placar.

RECORDE – O FC Porto igualou seu próprio recorde de 33 anos, quando ficou 15 jogos invicto, na temporada 1984-85, em todas as competições: Campeonato Português, Taça de Portugal e Liga dos Campeões da Europa. A última derrota sofrida pela atual equipe foi para o Benfica (1 x 0), no estádio da Luz, no dia 7 de outubro de 2018.

CAI O INVICTO – No estádio Don Afonso Henriques, em Guimarães, berço da grande nação portuguesa, o Vitória de Guimarães – quinto com 25 pontos – ganhou (1 x 0) do Sporting de Lisboa, que vinha de seis vitórias consecutivas e estava invicto desde que o técnico Marcel Keizer, holandês de 49 anos, assumiu, após treinar o Ajax em 2017 e o Al Jazira até o meio de 2018. A última derrota do Sporting havia sido em outubro para o Portimonense (4 x 2).

maisfutebol.iol.pt

GOL DE TOZÉ – O gol que tirou a invencibilidade e o Sporting da vice-liderança foi do atacante Tozé, aos 21 do primeiro tempo. O chute desviou na perna do zagueiro francês Jérémy Mathieu, 35 anos, 1,92m, ex-Valencia e Barcelona, e em Portugal desde 2017, tirando a chance de defesa do goleiro Renan Ribeiro, paulista de Ribeirão Preto, 28 anos, 1,93m, ex- Atlético Mineiro (2009 a 2013) e São Paulo (2013 a 2017), quando foi para Portugal jogar no Estoril Praia.O atacante Tozé, português nascido em Forjães, tem 25 anos, 1,70m e seu nome é Antonio José Pinheiro Carvalho. Jogou em todas as categorias das seleções portuguesas, de sub-15 a sub-23, mas nunca teve chance na seleção principal. 

FC PORTO, ÚNICO que ainda não empatou no atual campeonato. Lidera com 36 pontos – 12 vitórias, 2 derrotas – tem o segundo ataque mais positivo (30) e a defesa menos vazada (9). O vice-líder Benfica soma 32 pontos – 10 vitórias, 2 empates, 2 derrotas -, com o ataque mais positivo (31) e a segunda defesa menos vazada (13). O Sporting é terceiro com 31 pontos e o Sporting de Braga, quarto com 30.