Foto: Christof Koepsel/Bongarts/Getty Images

O Borussia Dortmund impôs ao Atlético de Madrid a maior goleada (4 x 0) sofrida pelo técnico argentino Diego Simeone, 48 anos, que assumiu em 2011 e já comandou o time em mais de 300 jogos, na noite desta quarta (24), em que consolidou a liderança do Grupo A da Liga dos Campeões, com 9 pontos em 3 jogos e como único dos 32 times da fase de grupos  a não sofrer gol, com 8 gols marcados. O Borussia é dirigido pelo suíço Lucien Favre, 60 anos, que foi meio-campo.

Axel Witsel / Foto:  Quality Sport Images/Getty Images)

SHOW DE BOLA – O Borussia já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol do atacante belga Axel Witsel, aos 38. Ele tem 29 anos, 1,86m e formou-se na base do Standard de Liège. No segundo tempo, o meia franco-português Raphael Guerreiro, 24 anos, 1,70m, fez dois gols, aos 28 e aos 44, aproveitando a falha do lateral-esquerdo Filipe Luis, da seleção brasileira. Guerreiro assinou por quatro temporadas com o Borussia, em 2016, após ganhar o campeonato europeu pela seleção portuguesa.

Jadon Sancho / AFP

JOVEM INGLÊS – O terceiro dos quatro gols do Borussia foi do jovem atacante inglês Jadon Sancho, londrino de 18 anos, 1,80m, ponta-esquerda driblador e de chute forte, formado na base do Manchester City e campeão europeu sub-17 pela seleção inglesa. Sancho assinou por cinco temporadas com o time alemão e herdou a camisa 7 do francês campeão do mundo Dembélé, quando ele se transferiu para o Barcelona.

DELÍRIO – Os torcedores do Borussia Dortmund foram ao delírio na noite desta quarta no moderno Signal Iduna Park, que estava com a lotação completa de 81.359 pagantes (65.718 sentados).

DESOLADO – Todos os jogadores do Atlético de Madrid – incluídos os brasileiros Filipe Luis e Diego Costa – compartilharam da imensa tristeza do técnico argentino Diego Simeone, desolado no fundo do vestiário, após a mais dura derrota que sofreu no comando do time, terceira força do futebol espanhol. Com Simeone, o Atlético só havia sofrido quatro gols em jogos com o Barcelona e duas vezes com o Real Madrid.

O Atlético de Madrid é o segundo do grupo com 6 pontos, após sofrer esta noite a primeira derrota, depois de duas vitórias, e passou a ter saldo negativo de um gol (5 a 6).