O empate sem gol com o Sevilha, na abertura da trigésima rodada, na noite de hoje (19), no estádio Ramon Sanchez Pizjuan, em Sevilha, pode custar ao Barcelona a perda da liderança, se o Real Madrid vencer a Real Sociedad, amanhã (20), no estádio Anoeta, em San Sebastián, no País Basco, a 452 km de Madrid. O Real Madrid pode se igualar ao Barcelona com 65 pontos, e será líder pelo confronto direto, primeiro critério de desempate, porque empatou 0 x 0 no turno e venceu (2 x 0) no returno.

MUITO IGUAL – Sem tanto trabalho para os goleiros Vaclik, tcheco de 31 anos, 1,88m, do Sevilha, e Ter Stegen, alemão de 28 anos, 1,87m, Sevilha e Barcelona produziram abaixo do esperado de um jogo do líder com o terceiro colocado. O Barcelona sacou o francês Griezmann e iniciou com o uruguaio Luis Suarez, que havia voltado no transcurso dos jogos anteriores com Malaga e Leganés, após cirurgia, mas ele não rendeu bem, marcado sempre de perto pelo zagueiro brasileiro Diego Carlos.

GOL 700 -Havia também a expectativa em torno do gol 700 de Messi, que já marcou 12 gols no estádio do Sevilha, mas a marcação sobre ele, que completa 33 anos na próxima quarta (24), foi muito atenta do zagueiro francês Jules Koundé, parisiense de 21 anos, 1,81m, que sequer cometeu uma falta das 25 do jogo (17 do Sevilha). Mesmo sem marcar, Messi segue como artilheiro de La Liga com 31 gols, disputando a Chuteira de Ouro da temporada.

CALOR – Mesmo começando às 10 da noite, Sevilha 0 x 0 Barcelona influiu no rendimento, devido ao calor de 25 graus, tanto que o árbitro José Luis Gonzalez fez duas paradas para reidratação dos jogadores. O técnico Julen Lopetegui, do Sevilha, trocou de camisa antes do intervalo e na metade do segundo tempo. Ex-goleiro do Barcelona, de 94 a 97, ele foi técnico do Real Madrid e da seleção espanhola, antes da Copa de 2018. Décimo empate do Sevilha, que manteve o terceiro lugar com 52 pontos.

ARTHUR – O meia goiano Arthur, ex-Grêmio, foi a primeira substituição do técnico Enrique Setien, do Barcelona, que o colocou aos 17 do segundo tempo no lugar do atacante dinamarquês Martin Briathwhite. Depois, o meia espanhol Riqui Puig substituiu Ivan Rakitic e o meia chileno Arturo Vidal saiu para a entrada do francês Griezmann, sem que as mudanças tenham ajudado a melhorar o rendimento. O Barcelona foi bem menos criativo que na maioria de seus jogos.

MOTIVADO – Autor de dois gols na véspera, nos 3 x 0 no Valencia, Karim Benzema ganhou ainda mais motivação para o jogo de domingo (21), em que o Real Madrid pode assumir a liderança, se vencer a Real Sociedad. Benzema é agora o quinto artilheiro do clube, com 243 gols em 503 jogos, desde 2009, ultrapassando o húngaro Ferenc Puskas- 1927 – 2006 , que fez 242 gols em 262 jogos, de 1958 a 1966. Os três maiores artilheiros do Real Madrid: Cristiano Ronaldo (451), Raul (323) e Di Stefano (308).

NEYMAR – O Tribunal Social número 15 de Barcelona deu ganho de causa hoje (19) ao Barcelona e Neymar, que pretendia receber 43.600 mil euros, terá que pagar ao clube 6.700 mil euros, devolvendo o bônus de assinatura que havia recebido na assinatura do contrato, antes de se transferir para o Paris Saint Germain. O advogado do atacante disse que entrará com recursos e o próprio presidente Josep Maria Bartomeu, do Barcelona, considera que o caso ainda terá desdobramentos.

Fotos: Barcelona FC e Sevilha FC