O EVERTON, SEGUNDO CLUBE DE LIVERPOOL, anunciou neste domingo (2) a abertura da janela de transferências de 2022, com a compra do desconhecido Vitaly Mykolenko, de 22 anos, lateral-esquerdo do Dínamo de Kiev, pagando 21 milhões de euros (R$134 milhões) ao clube da capital da Ucrânia. O Everton relegou à reserva o atacante Richarlison, de 24 anos, ex-Fluminense, e da seleção brasileira, é 15º com 19 pontos, menos 23 que o Liverpool, 3º com 42 pontos. 

OS BRASILEIROS ALISSON E FIRMINO, que testaram positivo, foram afastados do primeiro clássico de 2022, em que Chelsea e Liverpool empataram em 2 x 2, neste domingo (2), no estádio Stamford Bridge, em Londres. Além deles, dois alemães: o zagueiro Joel Matip e o treinador Jurgen Klopp, substituído na área técnica pelo holandês Pepijn Lijnders, de 38 anos, assistente técnico que iniciou a carreira no FC Porto.

CHELSEA 2 x 2 LIVERPOOL foi classificado pelos analistas como “o jogo mais eletrizante da atual temporada inglesa”, em que os quatro gols foram marcados no primeiro tempo, mas as emoções se estenderam até os acréscimos de cinco minutos, após os times voltarem do intervalo. O senegalês Sadio Mané fez 1 x 0 aos 9 minutos, e o egípcio Mohammed Salah, artilheiro do campeonato com 16, marcou o segundo gol do Liverpool aos 26 minutos. 

O CHELSEA REAGIU E EMPATOU em quatro minutos, com o golaço do volante croata Mateo Kovacic, de 27 anos, aos 42 minutos, e com o gol do meia-atacante americano Christian Pulisic, de 23 anos, aos 46 minutos. O empate só foi bom para o líder Manchester City, com 53 pontos, que sábado (1), ganhou por 2 x 1, de virada, do Arsenal, em Londres, e chegou à 11ª vitória consecutiva. O Chelsea manteve a vice-liderança com 43 pontos, e o Liverpool, o 3º lugar com 42.

O TÉCNICO ALEMÃO THOMAS TUCHEL, de 48 anos, atual campeão europeu, barrou o atacante Lukaku, de 28 anos, maior goleador da seleção da Bélgica, após declarar: “Sinto saudade da Inter e não estou feliz no Chelsea”. Em sua primeira passagem no Chelsea, Lukaku ganhou a Copa da Inglaterra 2011-12, e em 2020-21 foi campeão e artilheiro da Inter de Milão, que não ganhava o título havia 10 anos. A situação dele no Chelsea será decidida em reunião amanhã (3).

REI DA AMÉRICA – O atacante argentino Julian Alvarez, de 21 anos, do River Plate, eleito Rei da América na semana passada, deve assinar com o Manchester United, que pagará a multa de 20 milhões de euros (R$130 milhões) pela rescisão do contrato. Julian Alvarez estava no radar do Barcelona, Real Madrid, Bayern Munique e Inter de Milão, mas o representante do clube inglês se antecipou e diz ter acertado com os dirigentes do River.

Foto: TVI24