OS JOGOS DA FASE DE GRUPOS, que terminarem empatados, serão decididos em pênaltis. Foi a primeira novidade da 23ª Copa do Mundo, em 2026, anunciada pela Fifa nesta 3ª feira (20), acrescentando, que o vencedor terá um ponto extra, que poderá ser usado como critério de desempate no final da fase de grupos.

A FIFA ANUNCIOU TAMBÉM que não haverá demora no anúncio da formação dos grupos da Copa de 2026. A única dúvida, que está sendo analisada com bastante critério pelo grupo técnico, é se serão 12 grupos com 4 seleções ou 16 grupos com 3 seleções. De uma forma ou de outra, os 2 primeiros de cada grupo se classificarão.

ESTAVA JÁ DECIDIDO que a Copa de 2026 seria a primeira com 48 seleções, passando de 64 para 104 jogos, com pequeno aumento no período de duração, de 30 para 35 dias. De volta ao meio do ano, como sempre foi disputada, desde a primeira, em 1930, a Copa de 2026 será de 9 de junho a 18 de julho.

A FIFA CONSIDERA que os estudos feitos para a realização da primeira Copa em três países – México, pela terceira vez, após 1970 e 1986; Estados Unidos, pela segunda vez, após 1994, e Canadá, pela primeira vez -, confirmarão que o evento alcançará resultados técnicos e financeiros ainda mais positivos.

BRASIL COM SALDO NEGATIVO

NA ANÁLISE GERAL da Fifa, o Brasil ficou em 7º lugar na Copa de 2022 e terminou com 0,53 pontos negativos, somando menos pontos que Austrália, Japão, Tunísia, Equador, Gana e Arábia Saudita. Bom lembrar que essas seis seleções foram eliminadas antes do Brasil, que só saiu nas quartas de final.

MESMO CAMPEÃ, ARGENTINA não assumiu a liderança do ranking da Fifa por ter empatado (3 x 3) a final com a França. A seleção que mais pontos somou na Copa de 2022 foi a do Marrocos, com 107,49, mesmo perdendo a semifinal e a decisão do 3º lugar, fases em que a derrota não desconta pontos.

OS 10 PRIMEIROS do ranking da Fifa, após a Copa do Mundo: Brasil, Argentina, França, Bélgica, Inglaterra, Holanda, Croácia, Itália e Portugal. É a primeira vez em 2022 que duas seleções sul-americanas aparecem em 1º e 2º do ranking do futebol mundial.

SUMIÇO DA TORCEDORA ARGENTINA

AUMENTA A PREOCUPAÇÃO de parentes e amigos da torcedora argentina, que tirou a blusa e expôs os seios na comemoração. Sem notícias dela, desde que saiu escoltada do Estádio Lusail por seguranças do Catar, parentes e amigos já cogitam, três dias depois da Copa, recorrer à ajuda da embaixada brasileira em Doha.  

O ATACANTE RAPHINHA teve problema na volta do Brasil, onde passou alguns dias após a Copa, e só conseguiu chegar a Barcelona no final da noite de hoje (20). Na escala em Lisboa, ele ficou três horas sem poder sair do avião nem se alimentar, e duas de suas malas foram extraviadas. Ele deve mover ação contra a TAP.

Fotos: Divulgação