O FORTALEZA venceu o América Mineiro pela primeira vez em Belo Horizonte, na noite de ontem (15), no estádio Independência, por 2 x 1, depois de nove vitórias na capital cearense, duas por 4 x 0, na Série B de 2004 e na Série A de 2021. Os times se enfrentam desde 31 de agosto de 1973, quando o América venceu por 1 x 0.

TIAGO GALHARDO marcou os dois gols do tetracampeão cearense e poderia ter comemorado o hat-trick, mas o terceiro gol foi anulado por impedimento. Galhardo marcou o 1º aos 34, com assistência de Pedro Rocha, e o 2º, aos 38 do 2º tempo, com assistência de Romarinho. 

O FORTALEZA terminou com 10, devido à expulsão do meia Caio Alexandre, advertido pelo árbitro paulista Vinicius Araújo, que aplicou bem o segundo cartão amarelo, após reincidência de falta dura. O gol do América Mineiro foi do atacante Wellington Paulista, aos 46, convertendo pênalti de Habraão em Mastriani.

FERNANDO MIGUEL, Tinga, Brítez, Titi e Juninho; Welison, Caio Alexandre e Hércules (Ronald); Pedro Rocha (Romarinho e depois Habraão), Tiago Galhardo (Moisés) e Robson (Lucas Crispim), o Fortaleza, do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda, que impôs ao América a 5ª derrota em casa, 4ª sem fazer gol.

HÁ QUE SE DESTACAR a reação do Fortaleza, lanterna do 1º turno, quando chegou a ser considerado rebaixado, após sete derrotas. No turno, só ganhou fora de casa do Flamengo (2 x 1) e do Atlético Goianiense (1 x 0). A vitória sobre o América foi a 5ª do returno, em que não sofreu gol em quatro jogos.

O FORTALEZA só sairá do 9º lugar se o Botafogo, 10º com 43, vencer o Internacional, hoje (16), no estádio Nilton Santos. O Botafogo precisa ao menos empatar para não perder uma posição, se o Santos, 11º com 40 pontos, ganhar amanhã (17) do Bragantino, no último jogo da 32ª rodada.

Foto: Fernando Moreno/AGIF