Escolha uma Página

O VASCO MARCOU TRÊS GOLS PELA PRIMEIRA VEZ e ganhou o primeiro jogo como visitante, depois de quatro empates, no 3 x 2 da noite de ontem (7) sobre o Náutico, no estádio do Arruda, no Recife. Com a quinta vitória, o Vasco subiu à vice-liderança com 21 pontos, que só perderá se houver vencedor no clássico do Nordeste, que Bahia e Sport disputarão na noite de hoje, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

EM CASO DE VITÓRIA DO BAHIA, O VASCO será ultrapassado em 1 ponto (22 a 21) e ficará com menos duas vitórias (5 a 7). Em caso de vitória do Sport, o Vasco ficará empatado com 21 pontos, mas com menos uma vitória que o Sport (5 a 6). O Vasco só se manterá na vice-liderança se Bahia e Sport empatarem. O Cruzeiro, líder com 25 pontos e 8 vitórias, pode ampliar a vantagem no jogo com o CRB, no Mineirão.

NO PRIMEIRO JOGO de Emílio Faro, como técnico interino, o Vasco teve atuação segura e já saiu para o intervalo com 2 x 0. Figueiredo, em primorosa cobrança de falta, fez 1 x 0 aos 28 minutos, repetindo o lance do gol da vitória sobre o Bahia em São Januário. O 2º gol, aos 43, foi do volante Andrey, o primeiro como profissional, finalizando no ângulo do goleiro Lucas Perri, após tabelar de primeira com o meia Nenê.

A LAMENTAR QUE ANDREY não esteja no jogo de domingo (12) com o Cruzeiro, no Maracanã, já com 60 mil ingressos vendidos, porque se apresentará hoje (oito) à seleção brasileira sub-20 para um torneio internacional no Espírito Santo. Mais jovem profissional da história do Vasco, desde os 16 anos, o carioca Andrey Nascimento dos Santos completou 18 anos dia 3 de maio. 

O VASCO ABAFOU A TENTATIVA de reação do Náutico, após o gol do lateral-direito Thassio, de 21 anos, com o terceiro gol, marcado aos 32 minutos por Nenê, que voltou a liderar o domínio da equipe. Quando o Náutico fez o 2º gol, com Jean Carlos convertendo o pênalti de Zé Santos em Vitor Ferraz, aos 53 minutos, mal houve tempo para nova saída, com o apito final do árbitro paulista Flavio Rodrigues de Souza.

THIAGO RODRIGUES, Gabriel Dias (Weverton), Danilo Boza, com boa estreia, Anderson e Edimar; Yuri, Andrey (Mateus Barbosa) e Nenê (Isaque); Gabriel Pec (Bruno Nazario), Figueiredo e Getúlio (Zé Santos), o Vasco do primeiro jogo com três gols e da primeira vitória como visitante na Série B de 2022, na estreia do técnico interino Emílio Faro, correto em elogiar a boa base que o ex-técnico José Roberto deixou.

Foto: SuperEsportes