A PRIMEIRA VITÓRIA DE 2022, ANO DOS 120 ANOS DO FLUMINENSE, foi a da estreia na 52ª Copa São Paulo sub-21 sobre o Jacuipense, da Bahia, por 1 x 0, gol de cabeça do zagueiro Davi, na tarde desta 3ª feira (4), no estádio Hudson Ferreira, no município de Matão, região Norte do estado, a 305 km da capital paulista. O Fluminense é o segundo maior campeão e tenta o 6º título do torneio, que ganhou o apelido de Copinha, 10 vezes conquistada pelo recordista Corinthians.

O TÉCNICO EDUARDO OLIVEIRA conta com o meia Wallace, de 20 anos, e com os atacantes Mateus Martins, de 18, e John Kennedy, de 19, que já jogaram na equipe principal. A que venceu na estreia: Tiago Gonçalves, Justen (Joilson), Felipe, Davi e Jefté; Aleksander, Yago (Alexander Jesus) e Wallace; Miguel Vinícius (Arthur), Mateus Martins (Edinho) e John Kennedy (Aguiar). O Jacuipense é de Riachão do Jacuípe, região de Feira de Santana, a 186 km da capital Salvador.

FLUMINENSE E FAST DECIDIRÃO O 1º LUGAR do Grupo 6, sexta-feira (7), no mesmo estádio de Matão, onde venceram na estreia. A vitória do Fast, único amazonense na Copinha 2022, também foi por 1 x 0 sobre a Matonense, com o gol do meia Lúcio, aos 7 do 1º tempo, convertendo o pênalti do zagueiro Chicão com a mão. O técnico Darlan Barroso Borges, de 47 anos, preparou a equipe do tricolor cintado de Manaus durante três meses. 

A ESTREIA DO VASCO, CAMPEÃO DA COPA SÃO PAULO pela única vez em 1992, será nesta 4ª feira (5) com o Lagarto, de Sergipe, no estádio de Santana de Parnaíba, município a 42 km da região metropolitana da capital paulista. Dirigido por Igor Guerra, o Vasco fará os outros dois jogos com o Rio Claro e o SKA Brasil, ambos paulistas. O Lagarto, do município onde nasceu o atacante Diego Costa, fica na região Centro-Oeste de Sergipe, a 75 km da capital Aracaju.

A ESTREIA DO FLAMENGO TAMBÉM É HOJE (5), com o Forte Rio Bananal, do Espírito Santo, no estádio Orlando Novelli, do município de Barueri, a 26 km da Praça da Sé, marco zero da capital paulista. Campeão da Copinha 2020 com o Internacional, que ganhou o 5º título, o técnico Fabio Matias, paulista de 42 anos, diz que “o time do Flamengo é bem jovem, mas muito preparado”. Bom dizer: a Copinha não foi disputada em 2021, devido à pandemia do coronavírus.

ENQUANTO O TIME PRINCIPAL PASSOU O ANO EM BRANCO, as equipes de base do Flamengo ganharam 27 títulos em 2021. Os mais importantes foram os da categoria sub-17, destacando-se o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e a Supercopa do Brasil. Bom lembrar: o Flamengo é o único que ganhou todas as finais da Copa São Paulo, campeão em 1990, 2011, 2016 e 2018, mas em 2020 sequer conseguiu passar da fase de grupos.

O BOTAFOGO VOLTA 5ª FEIRA (6) AO ESTÁDIO Joaquinzão, em Taubaté, município do Vale do Paraíba, a 130 km da capital de São Paulo, para o jogo com o Petrolina, de Pernambuco, depois de vencer na estreia o Aparecidense, de Goiás, por 3 x 0. Gabriel Tigrão, que já jogou no time principal, foi o destaque com dois gols. Gabriel revelou que o apelido foi dado pela avó, que ganhava no jogo do bicho, apostando no 22 (Tigre), toda vez que sonhava com ele.

Foto: Reprodução