Escolha uma Página

O BOTAFOGO PERDEU PARA A LDU, campeã do Equador e da Copa Sul-Americana por 1 x 0, na noite de hoje (11), no estádio Casa Blanca, em Quito, e terminou a 2ª rodada em último. Junto com Grêmio e Palestino, que não fizeram gol em 2 jogos, e igual ao Caracas, que só marcou 1 gol, o Botafogo é um dos quatro que ainda não pontuaram na fase de grupos da Libertadores de 2024.

NA ESTREIA DO TÉCNICO português Artur Jorge, que manteve quatro atacantes do início ao fim, o Botafogo não demonstrou nenhum progresso, se comparado ao do interino Fabio Matias, que só perdeu a invencibilidade no último dos nove jogos. Sem força ofensiva, a defesa ficou exposta, salvando-se Gatito, Barboza e Halter, e o técnico errou ao tirar Jeffinho, atacante mais produtivo da noite.

O BOTAFOGO SOFREU O GOL único do jogo logo aos quatro minutos, com chute rasteiro de canhota, no canto direito, rente à trave, do atacante argentino Lisandro Alzugaray, a uma semana de completar 34 anos (17/4/90). Sem culpa no gol, Gatito evitou outros, e a LDU ainda teve o 2º gol, de Michael Estrada, aos 28, anulado por impedimento, em revisão longa de três minutos do VAR.

O BOTAFOGO VOLTOU DO INTERVALO com Tchê Tchê no lugar de Danilo, e aos 20 saiu Jeffinho, entrando o paraguaio Óscar Romero, tão improdutivo quanto Tiquinho e Junior Santos, mantidos até o fim, e Luis Henrique, substituído aos 25 minutos por Mateus Nascimento, que também nada acrescentou.

O BOTAFOGO AINDA RECORREU às últimas tentativas, aos 33 minutos, com Raí e Gregore, saindo Mateo Ponte e Hugo, sem conseguir melhorar. O VAR interveio pela segunda vez para checar toque de mão de Tchê Tchê, e acertou em não marcar o pênalti. O jogo terminou com mais uma defesa de Gatito, evitando o segundo gol.

O BOTAFOGO DA DERROTA na estreia do técnico Artur Jorge: Gatito, Mateo Ponte (Raí), Lucas Halter, Barboza e Hugo (Gregore); Marlon e Danilo (Tchê Tchê); Luis Henrique (Mateus Nascimento), Tiquinho, Junior Santos e Jeffinho (Óscar Romero). Os dois próximos jogos serão no estádio Nilton Santos, com Universitário, dia 24, e 8 de maio com a LDU. Os dois últimos fora, com Universitário (16/5), no Peru, e Junior Barranquilla (28/5), na Colômbia.

1º JUNIOR BARRANQUILLA, 4 pontos, saldo de 2 gols (4 x 2); 2º Universitário, 4 pontos, saldo de 1 gol (3 x 2). 3º LDU, 3 pontos, sem saldo (2 x 2). 4º Botafogo, 0 ponto, saldo negativo de 3 gols (1 x 4). Bom lembrar: os dois primeiros se classificam para as oitavas de final; o 3º vai disputar a Copa Sul-Americana, e o 4º ganha apenas o agradecimento da Conmebol pela participação.

ANTES DO JOGO DO DIA 24 com o Universitário do Peru, no estádio Nilton Santos, o Botafogo disputará três jogos pelo Campeonato Brasileiro: domingo (14), o da estreia com o Cruzeiro, no Mineirão, e dois jogos consecutivos no estádio Nilton Santos, com os que subiram da Série B: Atlético Goianiense (4º), 5ª feira (18), e Juventude (vice-campeão), domingo (21).

Fotos: 90 min / RODRIGO BUENDIA/AFP via Getty Images