Escolha uma Página

LÍDER DA SÉRIE A do Campeonato Brasileiro, o Athletico Paranaense também segue firme na Copa Sul-Americana, que tenta ganhar pela terceira vez, depois de 2018 e 2021, e confirmou a classificação antecipada às oitavas de final com mais uma goleada: 5 x 1 no Rayo Zuliano, na noite de ontem ( 8 ), no estádio Brígido Iriarte, na Venezuela.

O ATHLETICO já saiu para o intervalo com 3 x 0, gols do lateral-esquerdo argentino Lucas Esquivel aos 22, e do atacante uruguaio Gonzalo Mastriani aos 33 e aos 40. No 2º tempo, o atacante José Ochoa fez o gol do time da Venezuela, e o atacante argentino Lucas Di Yorio fez o 4º e volante Felipinho fechou mais uma goleada do Furacão, que lidera o Grupo E com 12 pontos, mais 8 que o Danubio do Uruguai.

FORTALEZA GOLEADO NA ALTITUDE

O FORTALEZA manteve a liderança do Grupo D, com dois pontos de vantagem sobre o Boca (9 a 7), mas perdeu a invencibilidade na Copa Sul-Americana, ao ser goleado pelo Nacional por 4 x 1, na noite de ontem ( 8 ), em Potosi, na Bolívia, segunda cidade mais alta do mundo – 4.090 metros -, a 537 km da capital La Paz, a 9ª alta: 3.640 metros.

O NACIONAL DE POTOSI fez 1 x 0 com Callejo aos 6; o argentino Lucero empatou aos 16, mas o Fortaleza sofreu o 2º gol, de Martin Prost aos 37, e na volta do intervalo, Saulo Perez marcou o 3º aos 20, e William Alvarez fechou a goleada aos 47 minutos. O Fortaleza tem saldo de 6 gols (12 a 6); o Boca, zerado (5 a 5).

CUIABÁ VOLTA A VENCER

ÚLTIMO DA SÉRIE A, após perder todos os quatro jogos, sem fazer gol e sofrer oito, o Cuiabá voltou a vencer, depois de sete jogos, com 3 x 0 sobre o Metropolitanos, da Venezuela, na noite de ontem ( 8 ), na Arena Pantanal, na capital do estado do Mato Grosso. Fernando Sobral fez o gol do 1º tempo e o paraguaio Isidro Pitta marcou dois na volta do intervalo.

A VITÓRIA DO CUIABÁ marcou também a estreia do técnico Armando Teixeira, o Petit, de 47 anos, nascido na França, meia-atacante naturalizado português, que defendeu a seleção nas Copas de 2002 e 2006. O Cuiabá assumiu a liderança do Grupo G, com 8 pontos, mas pode perder se o Lanús, com 7, vencer hoje ( 9 ) o Deportivo Garcilaso, do Peru.

Foto: (©Alamy Stock Photo / DiaEsportivo)