O PORTO MANTEVE SEIS PONTOS DE VANTAGEM SOBRE O SPORTING, que fez 2 x 0, mas cedeu o empate, no jogo isolado de abertura da 22ª rodada do Campeonato Português, diante de 48.351 pagantes, na noite desta 6ª feira (11), no estádio do Dragão. Emocionante e intenso, até depois do apito final do árbitro João Pedro Pinheiro, que expulsou  jogadores, assistentes técnicos e dirigentes, que discutiram e trocaram empurrões no gramado.

O ATUAL CAMPEÃO SPORTING fez 1 x 0 logo aos 8 minutos, com o gol de cabeça do atacante português João Paulo Dias, o Paulinho, completando cruzamento do lateral paulista Mateus Reis. O ponta português Nuno Santos marcou o 2º gol aos 34, com assistência do atacante espanhol Pablo Sarabia, emprestado pelo PSG. O meia português Fabio Vieira fez o 1º gol do Porto aos 38, e o Sporting ficou com 10 aos 49, pela expulsão do zagueiro uruguaio Sebastián Coates.

MESMO COM MENOS UM, o Sporting segurou a vantagem até os 33 minutos, quando em cruzamento sob medida de Fabio Vieira, o iraniano Mehdi Taremi subiu mais que o zagueiro marroquino Feddal, de 1,91m, e estabeleceu o empate definitivo em 2 x 2. Taremi, de 29 anos, 1,87m, é o atacante com mais impulsão do futebol português. Ele é da cidade portuária de Bashehr, no Sul do Irã, a 1.048 km da capital Teerã, e joga no Porto desde 2020, comprado do Rio Ave.

O TIME LÍDER COM TRÊS ZAGUEIROS: Diogo Costa, Zaidu, Mbemba e Pepe (João Mario); Otávio, Fabio Vieira, Vitinha e Uribe (Francisco Conceição); Evanilson (Marko Grujic), Taremi e João Mario (Pepê) – o FC Porto, do técnico Sergio Conceição, líder e único invicto com 60 pontos, saldo de 41 gols (57 a 16). Faltando 12 rodadas, o Porto terá só mais um clássico, com o Benfica, na penúltima rodada (33ª), dia 8 de maio, no estádio da Luz, em Lisboa.

O SPORTING, ATUAL CAMPEÃO, dirigido pelo lisboeta Ruben Amorim, de 37 anos, teve Antonio Adán, Gonçalo Inácio, Sebastián Coates, Feddal e Mateus Reis; Ricardo Esgaio, Ugarte (Bruno Tabata), Mateus Nunes e Nuno Santos (Neto); Paulinho (Slimani) e Pablo Sarabia (João Palhinha). Vice-líder com 54 pontos e saldo de 28 gols (43 a 15), o Sporting só terá mais um clássico, com o Benfica, na 30ª rodada, dia 16 de abril, no estádio José Alvalade, em Lisboa.

26 FALTAS, 11 CARTÕES – Boa atuação do árbitro João Pedro Pinheiro, firme nas marcações e advertências com cartões amarelos em Pepê, Otávio e Pepe, do Porto, e Mateus Reis e Coates, expulso aos 49 do 1º tempo, com o 2º amarelo, após falta dura em Taremi. Os outros vermelhos: Palhinha, ofensas após o jogo, e Pepe e Hugo Viana, diretor do Sporting, por discutirem. Emanuel Ferro e Carlos Fernandes, assistentes técnicos do Sporting, também foram expulsos. 26 faltas (15 do Porto).

O ESTÁDIO DO DRAGÃO, NO PORTO, maior cidade do Norte do sempre belo Portugal, é de boa lembrança para o árbitro João Pedro Pinheiro, de 34 anos, da Associação de Futebol de Braga. Foi lá que ele estreou como árbitro da FIFA, no amistoso Brasil 1 x 1 Panamá, no sábado, 23 de março de 2019, em um dos piores jogos desde que o técnico Tite assumiu. A seleção saiu vaiada por 40 mil torcedores e os jornais criticaram muito a má qualidade do futebol.

Foto: Superesportes