Escolha uma Página

ATUAL CAMPEÃ DO MUNDO e da Copa América, a Argentina disputará a quarta final nos últimos três anos, domingo (14), com Uruguai ou Colômbia, tentando ganhar a Copa América pela segunda vez consecutiva, e se isolar, com 16 títulos, como a seleção mais vitoriosa do futebol sul-americano.

A ARGENTINA venceu o Canadá por 2 x 0, gols de Julian Alvares e Messi, na primeira semifinal, na noite desta 3ª feira ( 9 ), diante de 80.102 espectadores no MetLife Stadium, em Nova Jersey, estádio da final da 22ª Copa do Mundo, primeira com 48 seleções, domingo, 19 de julho de 2026.

A ARGENTINA repetiu o placar do jogo de abertura, com um gol em cada tempo. Julian Alvarez, meia de 24 anos do Manchester City, fez 1 x 0 aos 22 minutos do 1º tempo, finalizando na saída do goleiro Crepeau, após receber o passe vertical do volante De Paul. Os argentinos abriram o placar quando os canadenses tinham mais a bola.

LOGO AOS 6 minutos do 2º tempo, Messi marcou o 2º gol, 1º na atual Copa América, desviando chute do meia Enzo Fernandez. Foi seu 14º gol em 38 jogos do torneio, tornando-se o 2º maior artilheiro, a 3 gols de igualar os 17 de Norberto “Tucho” Mendez, notável atacante argentino dos anos 40.

LIONEL MESSI também igualou Ali Daei, hoje técnico aos 54 anos, recordista de jogos (146) e de gols (109) pela seleção do Irã, que defendeu de 1993 a 2006. Agora com 109 gols, igual ao iraniano Ali Daei, Messi está a 21 gols de Cristiano Ronaldo, com 130, o maior artilheiro de todas as seleções do futebol mundial.

OS FINALISTAS: Emiliano “Dibu” Martinez, Montiel (Molina), Romero, Lisandro Martinez e Tagliafico (Otamendi); De Paul, Enzo Fernandez e Mac Allister (Palacios); Julian Alvarez (Lautaro Martinez), Messi (c) e Di Maria (Nico Gonzalez). Técnico – Lionel Scaloni. A campanha: 2 x 0 Canadá, 1 x 0 Chile, 2 x 0 Peru, 1 x 1 Equador (4 x 2 pênaltis), 2 x 0 Canadá.

A ARGENTINA fará domingo (14) a 4ª final nos últimos três anos: 10/7/2021, campeã da Copa América, 1 x 0 no Brasil, gol de Di Maria, no Maracanã; 1/6/2022, campeã da 1ª Finalíssima, 3 x 0 na Itália, gols de Lautaro Martinez, Di Maria e Dybala, em Londres, no 1º confronto do campeão da Eurocopa e da Copa América, e 18/12/2022, campeã do mundo, 3 x 3 (4 x 2 nos pênaltis) com a França, no Catar.

Fotos: site oficial Copa América