Escolha uma Página

POUCO MAIS DE 10 MIL TORCEDORES estavam no Maracanã e viram Cano marcar os três primeiros gols de 2023, na vitória do Fluminense sobre o Audax por 3 x 0, na noite deste primeiro domingo (5) de fevereiro. Após um empate e duas derrotas, a 4ª vitória manteve o time em 4º lugar com 13 pontos. R$288.272,50. 9.466 pagantes. 

FOI O 4º HAT-TRICK do maior artilheiro estrangeiro do Fluminense, com 42 gols em 2022, superando os 39 gols que outro argentino, Doval, marcou em 1976. Cano havia feito o último hat-trick, em apenas 13 minutos, na virada sobre o São Paulo por 3 x 1, no sábado, 5 de novembro de 2022, na 36ª rodada do Brasileiro.

O PRIMEIRO DOS 3 x 0 foi o mais bonito, e logo aos 9 minutos, com chute de fora da área no ângulo direito, após contra-ataque rápido iniciado por Keno, que pouco depois quase marcou o 2º gol, ao acertar a trave, em finalização requintada de letra. Cano fez 2 x 0 aos 39, na pequena área, após rebote do goleiro Leandro.

O FLUMINENSE aproveitou bem a fragilidade do adversário e exerceu domínio com 74% de posse de bola, oito chutes na direção do gol e teve outras chances claras para dobrar o placar. Foi o sétimo jogo da equipe em 2023 e só três marcaram gol: Lima, Jhon Arias e Alan, o que mostra o nível bem baixo dos demais nas conclusões.

NA VOLTA DO INTERVALO, o Fluminense até que manteve o ritmo acelerado, mas foi impreciso em passes e finalizações, tanto que só conseguiu o terceiro gol aos 44. Jhon Arias trabalhou bem a jogada, como quase sempre o faz, e cruzou para o desvio de cabeça de Giovanni e para o último L de Cano, homenageando o filho Lorenzo.

O ARTILHEIRO de 26 gols em 38 jogos do Brasileiro de 2022, melhor ano da carreira com 44 gols, mostrou-se pesado, sem mobilidade e sem gol nos quatro jogos do início de 2023. Com os três gols no Audax, Cano evitou o quinto jogo sem gol, que seria recorde negativo, após quatro jogos seguidos sem marcar em 2022.

FABIO, Samuel Xavier (Alan), Nino, Manoel e Jorge (Guga); Felipe Melo (Yago), Martinelli e Ganso (Lima); Keno (Giovanni), Cano e Jhon Arias – o Fluminense do técnico Fernando Diniz, que reapareceu após cumprir suspensão. O time ganhou fôlego para o confronto direto com o Vasco, domingo (12), na volta ao Maracanã.

Foto: Canal Flumjnense