Escolha uma Página

NEYMAR sofreu neste domingo (19) o sexto problema grave no PSG, ao cair de mau jeito e torcer o tornozelo direito, aos 4 minutos do 2º tempo, após uma disputa com o meia francês Benjamin André. O atacante saiu de maca, chorando muito, mas o exame de imagem, pouco depois, não revelou fratura. Ele será reavaliado 3ª (21).

NEYMAR teve os primeiros problemas de contusão no PSG, em 2020, três anos após ser comprado do Barcelona, em agosto de 2017, com o pagamento da multa de 222 milhões de euros, quase um bilhão de reais. Ele lesionou a costela em fevereiro e ficou quatro jogos fora; em outubro, uma lesão na coxa e mais quatro jogos fora.

NA ÚLTIMA contusão de 2020, em dezembro, ficou cinco jogos fora e 27 dias em tratamento, só voltando em meados de janeiro. Em 2021, a lesão do músculo adutor da coxa o tirou de nove jogos, em fevereiro e março, com 36 dias de recuperação. E novembro, ficou 12 jogos fora e 73 dias em tratamento do tornozelo.

NEYMAR desfalcará o PSG na visita do próximo domingo (26) ao vice-líder Olympique de Marselha, que neste domingo (19) venceu fora de casa o Toulouse por 3 x 2. É pouco provável também que jogue dia 8 de março em Munique, onde o PSG terá que vencer por dois gols para seguir na Champions, após perder para o campeão alemão por 1 x 0, gol do ponta francês Coman, no jogo de ida em Paris.

O JOGO DE 7 GOLS deste domingo (19), diante de 45 mil torcedores no Parque dos Príncipes, foi deslumbrante. O PSG fez 2 x 0, com Mbappé e Neymar. O Lille empatou com Bafodé Diakité, de cabeça, e Jonathan David, de pênalti, e virou com Jonathan Bamba, com assistência primorosa do meia português André Gomes, emprestado pelo Everton de Liverpool.

O PSG FEZ A 2ª VIRADA em sete minutos e ganhou com os gols de Mbappé aos 43 e de Messi, em uma daquelas suas cobranças de falta, aos 50 minutos. Ainda que seja difícil de acreditar, Messi teve atuação negativa, mas seu raio de luz brilhou nos acréscimos e com a 18ª vitória o PSG se manteve líder, com 57 pontos, mais cinco que o vice-líder Olympique de Marselha, seu próximo adversário.

OS JORNAIS FRANCESES voltam a destacar que a renovação do contrato de Messi continua indefinida, e que o capitão campeão do mundo de 2022 pode trocar o PSG pelo Inter de Miami. De acordo com a informação do Le Parisien, que detalha como poucos as notícias do PSG, a proposta do ex-meia inglês David Beckham, dono do Inter de Miami, “é simplesmente astronômica”.

Foto: Trivela, Goal, Twitter e Divulgação