Thomas Muller, atacante de 30 anos (13/9/89), autor do primeiro gol do histórico 8 x 2 do Bayern no Barcelona, foi também, por coincidência, quem marcou o primeiro gol do histórico 7 x 1 da Alemanha no Brasil, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, em 8 de julho no Mineirão. Em entrevista ao BILD (imagem, em alemão), Muller ligou um jogo ao outro e disse: “8 x 2 foi muito melhor que o 7 x 1 porque nosso time queria mais gols, e a nossa seleção diminuiu o ritmo ao chegar aos 7 x 0”.

RECORDE – Com dois gols nos 8 x 2, Thomas Muller chegou aos 14 gols e 24 assistências em 48 jogos, além de se tornar o jogador alemão recordista de jogos na Liga dos Campeões, com 113. Ele superou o ex-companheiro Philipp Lahm,lateral-direito capitão da seleção campeã do mundo em 2014 no Brasil, que realizou 112 jogos pelo Bayern na Champions. Thomas Muller joga no Bayern desde 2008 – 533 jogos, 202 gols – e na seleção desde 2010, com 100 jogos, 38 gols.

MAIS TRÊS – Além de Thomas Muller, o goleiro Neuer e o zagueiro Boateng estavam em campo nos 7 x 1 no Mineirão e nos 8 x 2, nesta sexta (14), no estádio da Luz. Assistente do técnico Joachim Low na seleção campeã mundial de 2014, Hans-Dieter Flick, de 55 anos, ex-meia, hoje técnico do Bayern, destacou: “Seguimos nossa mentalidade, mantendo a intensidade durante o jogo inteiro, com a ideia de equipe determinada a vencer e que busca o gol para aumentar sempre a vantagem. Foi excelente!”

DIFERENÇA – Comparando as duas goleadas, o técnico do Bayern ressaltou: “Nos 7 x 1 no Brasil, a Alemanha fez 5 x 0 em 29 minutos, e nos 8 x 2 no Barcelona, o Bayern fez 4 x 1 em 31 minutos, porque tivemos a infelicidade do gol contra do Alaba. A iniciativa de ataque do futebol alemão não muda porque os times e a seleção são preparados com essa mentalidade”. Sobre a semifinal, repetiu: Seja com o City ou com o Lyon, nosso plano não muda. O Bayern vai partir sempre para decidir logo“.

39 GOLS – Desde a fase de grupos da Champions 2019-20, o Bayern marcou 39 gols e sofreu 6 em 9 jogos. Mandante – 3 x 0 no Estrela Vermelha; 2 x 0 no Olympiacos; 3 x 1 no Tottenham e 4 x 1 no Chelsea. Visitante – 7 x 2 no Tottenham; 3 x 2 no Olympiacos; 6 x 0 no Estrela Vermelha e 3 x 0 no Chelsea, e 8 x 2 no Barcelona. Com 54 gols em 45 jogos na temporada, Lewandowski, que fez o sexto dos 8 x 2,é o artilheiro da Champions com 14 gols em 9 jogos.

CINCO VEZES artilheiro do Campeonato Alemão, o polonês Robert Lewandowski, de 31 anos (21/8/1988), marcou 34 gols na atual temporada e ganhou aChuteira de Prata (Ciro Immobile, da Lazio, ganhou a Chuteira de Ouro, com 36). Lewandowskijoga no Bayern desde 2014, e com o gol nos 8 x 2, chegou ao total de 245 gols em 287 jogos. Depois de se igualar a Messi, com 14, Lewandowski precisa de três gols para empatar com Cristiano Ronaldo, maior artilheiro de uma só edição da Champions, com 17 gols, em 2013-2014.

SÉTIMA VEZ – Com os 8 x 2, o Bayern é semifinalista da Liga dos Campeões pela sétima vez nas últimas nove temporadas. Foi o nono jogo com o Barcelona, com seis vitórias, duas derrotas e um empate, e o saldo de gols disparou: 26 x 16. O Bayern tornou-se o primeiro time a fazer quatro gols no Barcelona no primeiro tempo de um jogo da Champions e de dobrar o placar na volta do intervalo. Bom lembrar: depois do tri 74-75-76, o Bayern ganhou mais duas vezes o título, em 2001 e 2013.

COTAÇÃO – Depois da goleada no Barcelona, aumentou a cotação do Bayern nas apostas para o título: 35%, com o Manchester City, 33%. A expectativa é de que os dois decidam quarta (19) a vaga para a final com o vencedor de PSG x Leipzig. A cotação do PSG caiu para 20%, a do Leipzig para 11%, enquanto o Lyon tem menos de um por cento de chance nas apostas. A final da Champions será dia 23, no estádio da Luz, em Lisboa. O estádio que a torcida do Benfica chama de A Catedral.

4 x 1 – O Bayern fez 1 x 0 aos 4 minutos, com o gol de canhota de Thomas Muller, após tabela com Lewandowski. Aos 7, em lance de desvio infeliz, o zagueiro austríaco Alaba marcou contra. Em 10 minutos, o Bayern fez três gols: Ivan Perisic aos 20; Gnabry aos 26, e Thomas Muller aos 30. 8 x 2 – No segundo tempo, Suarez fez o segundo do Barcelona aos 12, mas Kimmich aos 18; Lewandowski, de cabeça, após cruzamento de Philippe Coutinho, aos 37, fez 6 x 2, e Philippe Coutinho, aos 40 e aos 43, fechou. 

SEIS CARTÕES – O único do primeiro tempo foi para Boateng, aos 42, por falta em Luis Suarez, no grande círculo. No segundo tempo, Kimmich e Davies foram os advertidos do Bayern, e Jordi, Luis Suarez e Arturo Vidal, o mais nervoso, o último. Excelente atuação de Damir Skomina, árbitro de 44 anos, da Eslovênia, país da Europa Central. Bem condicionado, acompanhou os lances sempre de perto, aplicou com acerto a lei da vantagem e os seis cartões amarelos.

SEMIFINALISTAS – Neuer, Kimmich, Boateng (Sule), Alaba e Davies (Lucas Hernandez); Goretzka (Tolisso), Thiago Alcântara e Gnabry (Philippe Coutinho); Thomas Muller, Lewandowski e Perisic (Coman). O Bayern utilizou seu uniforme número 2, todo branco. BARCELONA – Ter Stegen, Semedo, Piqué, Lenglet e Jordi Alba; De Jong, Sergi Roberto (Griezmann) e Busquets (Ansu Fati); Messi, Suarez e Arturo Vidal. Pela primeira vez, viu-se a imagem de abatimento total de Messi, capitão do time.

Fotos: Facebook do Bayern / MSN.com