ALEX FERGUSON, TÉCNICO RECORDISTA MUNDIAL de permanência no comando de uma equipe, completa 80 anos nesta 6ª feira, por coincidência, mesmo dia da semana em que nasceu, em 31 de dezembro de 1941, na cidade portuária de Glasgow, a maior da Escócia e terceira com mais habitantes do Reino Unido. Ferguson dirigiu o Manchester United em 1.287 jogos e ganhou 38 títulos, 13 de campeão inglês, entre novembro de 1986 e maio de 2013.

AS HOMENAGENS COMEÇARAM NA NOITE DE ONTEM (30), com o ex-técnico, de luvas e protegido do frio de 11 graus, por um agasalho escuro de lã, descendo ao gramado do estádio Old Trafford para acenar aos 70 mil torcedores, agradecendo pelos aplausos e pela faixa com os dizeres “Happy 80th Sir Ferguson”. Ao final dos 3 x 1 sobre o Burnley, ele foi homenageado pelos jogadores, que lhe dedicaram a vitória, após o 5º jogo invicto do time na Premier League.

ALEX FERGUSON FOI O PRIMEIRO técnico de um time inglês a ganhar a Tríplice Coroa – Campeonato Inglês, Copa da Inglaterra e Liga dos Campeões da Europa -, no mesmo ano (1999), e a receber da Rainha Elizabeth o título de Sir (Senhor, em inglês), tratamento dado aos Cavaleiros da Ordem do Império Britânico. O título havia sido concedido, dois anos antes, a Pelé, único esportista não britânico, a ser homenageado e a receber das mãos da própria Rainha, em 97.

ALEX FERGUSON É TAMBÉM o único técnico da história de 143 anos do Manchester United FC a ser homenageado com uma estátua no estádio Old Trafford. Feita de bronze, tem 2,7 metros de altura e foi inaugurada na 6ª feira, 23 de novembro de 2012, um dia antes do jogo com o escocês Queens Park Rangers, primeiro adversário dele no clube inglês. “As homenagens são sempre depois que a pessoa morre. Estou superando a morte. É um momento de orgulho”.

ATACANTE DE 1957 A 1974, ALEX FERGUSON se destacou no Queens Park Rangers com 31 gols e ganhou o primeiro título como técnico aos 42 anos, dirigindo o Aberdeen, na vitória por 2 x 1 sobre o Real Madrid, na final da Liga dos Campeões 1982-83, no estádio Nya Ullevi, em Gotemburgo, na Suécia. Ferguson fez do Manchester United o primeiro inglês a ganhar a Champions (4 x 1 no Benfica), e voltou a ser campeão em 1999 e 2008.

CRISTIANO RONALDO FAZ QUESTÃO de dizer que Ferguson é seu pai no futebol. Em 2003, quando jogava no Sporting e venceu o Manchester United por 3 x 2, na inauguração do estádio José Alvalade, em Lisboa, sua atuação encantou o técnico e os próprios jogadores ingleses, que pediram para que fosse contratado. Ferguson conseguiu com a direção do clube e Cristiano Ronaldo foi substituir no time inglês o atacante David Beckham, comprado pelo Real Madrid.

ALEX FERGUSON vibrou muito com os 3 x 1 da noite de ontem (30), porque o Manchester United, com menos dois jogos, subiu ao 6º lugar, no 5º jogo invicto do técnico alemão Ralf Rangnick, de 63 anos, mas apenas o primeiro em que o time fez três gols. Ao fazer o 3º gol, Cristiano Ronaldo chegou ao 82º adversário diferente de sua carreira, em campeonatos nacionais, a marcar gol. Ele é o 4º artilheiro do Inglês, com 8 gols, menos sete que o egípcio Salah, do Liverpool.

A PREMIER LEAGUE terá dois clássicos entre os quatro primeiros colocados, neste primeiro fim de semana de 2022. Amanhã (1), o Arsenal, 4º com 35 pontos, recebe em Londres o líder Manchester City, com 50 pontos. Domingo (2), o vice-líder Chelsea, com 42 pontos, recebe em Londres o Liverpool, 3º com 41 pontos. O Manchester United volta a jogar em Old Trafford, 2ª feira (3), com o Wolverhampton, 8º com 25 pontos.

Foto: bourbiza / Dreamstime / Happy Euro Anime