Escolha uma Página

OS TÉCNICOS Thiago Motta, brasileiro de 41 anos, e Paolo Montero, uruguaio de 52, ambos naturalizados italianos, brilharam com plano de jogo ofensivo, no empate de seis gols em que o Bologna se manteve em 3º e a Juventus em 4º, ambos com 68 pontos, na noite de hoje (20), no estádio Renato Dall’Ara, encerrando a penúltima rodada da temporada italiana de 2023-2024.

PAULISTANO, revelado no Juventus da Mooca, Thiago Motta está desde 1999 na Europa, onde brilhou como volante em 382 jogos no Barcelona, Atlético de Madrid, Inter de Milão e PSG, time em que mais jogou (231) e se iniciou como técnico. Paolo Montero, natural de Montevidéu, foi zagueiro quatro vezes campeão italiano na Juventus e hoje é da comissão técnica permanente do clube de Turim.

O BOLOGNA fez 2 x 0 em 11 minutos, gols do zagueiro romano Riccardo Calafiori, de 22 anos, logo aos 2 minutos, e do atacante argentino Santiago Castro, de 19 anos, aos 11. Na volta do intervalo, Riccardo Calafiori ampliou para 3 x 0 aos 8, mas a Juventus reagiu com três gols em oito minutos, do ponta genovês Federico Chiesa, de 26 anos, aos 31, e dos atacantes Milik, polonês de 30 anos, e Yildiz, alemão de 19 anos, aos 39.

COM A INTER CAMPEÃ, e o Milan, vice, Bologna e Juventus completarão as quatro vagas italianas na próxima Liga dos Campeões, com início em 9 de julho de 2024, final em 31 de maio de 2025 e pela primeira vez com 36 equipes, mais quatro que no formato atual. A Juventus tem como certa a contratação do técnico ítalo-brasileiro Thiago Motta, mas o Bologna resiste em mantê-lo.

  • DIRIGIDO pelo espanhol Cesc Fàbregas, campeão do mundo em 2010, o Calcio Como foi vice-campeão da Série B e volta à Série A italiana depois de 21 anos. O ex-meia de 37 anos, brilhou no Arsenal, Barcelona, Chelsea e Mônaco, e encerrou a carreira em 2022-2023 no Como, cidade ao Norte da Lombardia, a 45 km de Milão.
  • O PRINCIPAL investidor do Como é o ex-meia francês Thierry Henry, de 46 anos, campeão do mundo em 98 e 2º artilheiro da seleção da França, com 51 gols em 123 jogos. Ele é também considerado o melhor da história do londrino Arsenal, com 370 jogos, 226 gols, de 1999 a 2007.
  • O AFASTAMENTO dos diretores Frederic Massara e Paolo Maldini, e a saída forçada do atacante sueco Ibrahimovic foram os fatores que mais influiram na queda de rendimento do Milan, na opinião de Massimo Bricchi Argenton. Ele cita a venda de Franck Kessié ao Barcelona; Brahim Diaz ao Real Madrid, e Sandro Tonali ao Newcastle como desmanche de uma equipe até então de alto nível.
  • ALÉM DISSO, O MILAN passou a ser dirigido por pessoas sem história no futebol do clube, apenas interessadas em lucrar nos negócios, enquanto o técnico Stefano Pioli fez o que pôde, ao encontrar um elenco enfraquecido. Massimo Bricchi Argenton diz: “O Milan será sempre grato ao Pioli, que valorizou os jovens, tais como Theo, melhor lateral do mundo, descoberto por Paolo Maldini, e Rafael Leão, descoberto por Frederic Massara”.
  • TAMBÉM NA OPINIÃO do rossonero emérito Massimo Bricchi Argenton, “o Milan cresceu 450 milhões de euros em faturamento, sendo o 4º clube europeu, com o apoio fiel dos torcedores que nunca abandonaram San Siro”. Para a temporada de 2024-25 o Milan precisará de zagueiros e de atacante para recompor a saída de Giroud, que vai para a Liga dos Estados Unidos”.
  • MILANISTA E TRICOLOR, Massimo Bricchi Argenton felicita o Fluminense pela volta de Thiago Silva, que disputou 119 jogos pelo Milan e foi campeão italiano e da Supercopa da Itália em 2010-2011: “Só temos boas lembranças de “Thiagone”, como era tratado por todos os rossoneros, como pessoa e como profissional”.
  • O CAMPEONATO ITALIANO 2023-2024 registra 959 gols em 369 jogos, média de 2.60 gols por jogo. Vitórias dos mandantes: 155 (42%); dos visitantes: 106 (29%); empates: 108 (29%). Jogos com 3 gols ou mais: 181 (49%). Placar mais registrado: 1 x 1 em 50 jogos.
  • A CAMPEÃ INTER tem: mais vitórias (29); mais jogos sem perder (28); mais goleadas (11); ataque mais positivo (87); artilheiro Lautaro Martinez, jogador argentino de 26 anos e capitão da equipe: 24 gols; menos derrotas (2), defesa menos vazada (20).
  • ÚLTIMA RODADA: 5ª (23) – Cagliari x Fiorentina. 6ª (24) – Genoa x Bologna. Sábado (25) – Juventus x Monza, Milan x Salernitana. Domingo (26) – Verona x Inter, Lazio x Sassuolo, Atalanta x Torino, Napoli x Lecce, Empoli x Roma, Frosinone x Udinese. E o jogo atrasado da 29ª rodada, Atalanta x Fiorentina, domingo, 2 de junho.

Foto: Divulgação