A COPA DO MUNDO DE 2022 será a primeira, da história de 92 anos das 22 Copas, com jogos dirigidos por árbitras. Uma delas, a francesa Stéphanie Frappart, de 38 anos, será a primeira a apitar um jogo da história de 120 anos do Real Madrid, amanhã (2), com o Celtic, pela última rodada da fase de grupos da Champions.

O 1º JOGO DA HISTÓRIA do Real Madrid foi disputado no domingo, 9 de março de 1902, três dias depois da fundação, por duas equipes do próprio clube. O primeiro título nacional foi em 1905, com 1 x 0 no Athletico Bilbao. O clube só Madrid, o nome Real foi concedido pela Casa Real de Sua Majestade. 

O 1º REAL MADRID x BARCELONA foi em 13 de maio de 1902, pela Copa de La Coronación, depois Copa do Rei. O Barcelona venceu por 3 x 1 e ganhou a Copa com o nome do Rei Afonso. Desde então, o Real Madrid é recordista: 35 vezes campeão espanhol, 14 vezes campeão da Europa, 7 vezes campeão mundial de clubes.

Stépanie Frappard recebe o prêmio do italiano Pierluigi Collina, presidente da Comissão de Arbitragem
da FIFA, árbitro da final da Copa 2002 Brasil 2 x 0 Alemanha

PIONEIRA NO MUNDO da arbitragem feminina, Stéphanie Frappart, apitou em 28 de abril de 2019, o primeiro jogo de homens do Campeonato Francês: Amiens 0 x 0 Estrasburgo. Em 14 de agosto de 2019, a primeira a apitar uma final da Supercopa da Europa: Liverpool 2 x 0 Chelsea.

PRIMEIRA A APITAR um jogo da Liga dos Campeões, em 2 de dezembro de 2020, Juventus 3 x 0 Dinamo de Kiev. Apitou a final da Copa do Mundo feminina, em 7 de julho de 2019: Estados Unidos 2 x 0 Holanda. Em 13 jogos da temporada 2022-23, fez 57 advertências com cartões amarelos e duas expulsões.

SAGITARIANA, Stéphanie Frappart poderá ter a surpresa de um presente muito especial da FIFA, ao completar 39 anos em 14 de dezembro, quatro dias antes da final da Copa do Mundo. As outras duas árbitras da Copa do Mundo de 2022 serão a africana Salima Mukansanga, de Ruanda, e a japonesa Yoshimi Yamashita.

Fotos: Globe Soccer Awards / Plataforma Media