O VASCO SOFREU NA NOITE DE ONTEM ( 10 ), EM SEU HISTÓRICO ESTÁDIO DE SÃO JANUÁRIO, o maior do Rio durante 23 anos, até a inauguração do Maracanã em 1950, a derrota mais vergonhosa de seu quarto rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B, que disputará pela quarta vez em 2022. O segundo ano consecutivo na Série B, após três trocas de técnicos, reflete bem o despreparo e a incompetência de administrações incapazes,  que só afundaram o clube. 

TRÊS DIAS DEPOIS DE GOLEADO PELO LÍDER BOTAFOGO POR 4 x 0, o Vasco perdeu por 3 x 0 para o Vitória, inexpressivo penúltimo colocado, que em 18 jogos como visitante conseguiu apenas a segunda vitória, depois de 1 x 0 no Sampaio Corrêa. Foi a primeira vez que o Vitória marcou três gols em um jogo da Série B 2021. Antes de ganhar do Vasco, o Vitória havia empatado 10 jogos e perdido 6, sem fazer gol em 9 dos 16 jogos, em seu quinto rebaixamento.

O VASCO NÃO CONSEGUIU SER UM DOS QUATRO PRIMEIROS EM 35 RODADAS, trocando três vezes de técnico. Marcelo Cabo, 13 jogos, 5 vitórias (1 fora); 4 derrotas (2 em casa); 4 empates (3 fora). 14 gols a favor (7 em casa). 14 gols contra (8 fora).  Lisca, 10 jogos, 4 vitórias (1 fora); 5 derrotas (4 fora); 1 empate (em casa). 12 gols pró (3 fora), 13 gols contra (9 fora). Fernando Diniz, 12 jogos, 4 vitórias (2 fora). 3 empates (2 fora). 5 derrotas (3 em casa, 4 sem fazer gol). 13 gols a favor (7 fora), 19 gols contra (12 em casa).

FERNANDO DINIZ ASSUMIU NA 24ª rodada, como visitante – 1 x 1 com o CRB -, para disputar 45 pontos (21 em casa); ganhou 15 dos 36, até ontem (10 ) à noite na derrota para o Vitória. O Vasco era 9º com 32 pontos, a 6 do Botafogo, 4º com 38; a 7 do Goiás, 3º com 39; a 8 do CRB, 2º com 40, e a 13 do Coritiba, 1º com 45 pontos. Fernando Diniz perdeu os quatro últimos jogos – 1 x 3 CSA; 0 x 1 Guarani; 0 x 4 Botafogo; 0 x 3 Vitória -, e o Vasco, com 47 pontos, continua em 9º.

“ESTOU TÃO ENVERGONHADO QUANTO OS TORCEDORES DO VASCO” – resumiu o técnico Fernando Diniz, durante a entrevista, após a derrota (3 x 0) para o Vitória. “Só não peço desculpa porque os torcedores do Vasco merecem vitória e não desculpa. Tenho a consciência muito tranquila de que fiz o melhor que pude para o Vasco voltar à Série A e lamento que meu objetivo não tenha sido alcançado”. Quando muito, o técnico dirigirá o time nos três jogos restantes.

REBAIXADO PELA PRIMEIRA VEZ EM 2008, o Vasco foi campeão da Série B em 2009. Após os rebaixamentos de 2013 e 2015, voltou à Série A como terceiro colocado em 2014 e 2016. Rebaixado pela quarta vez em 2020, está finalizando campanha ridícula em 2021, e pela primeira vez, disputará a Série B pelo segundo ano consecutivo em 2022.  Entre os clubes mais vitoriosos do país, o Vasco passa a ser o mais rebaixado em 18 edições dos pontos corridos. 

Foto: Terra