Escolha uma Página

O BEM-SUCEDIDO técnico alemão Jurgen Klopp até hoje só dirigiu três times em 21 anos de carreira, o que demonstra boa estabilidade. No entanto, sempre teve problema ao completar o sétimo ano, o que é visto como a maldição da sétima temporada, desde 2001 no Mainz, que assumiu ao encerrar a carreira de 11 anos de zagueiro, que marcou 52 gols em 325 jogos.

TÉCNICO DO MAINZ durante oito anos, ele levou o time, não só à Série A, mas à 1ª Copa da Europa. No entanto, ao completar sete anos no comando da equipe, o Mainz foi rebaixado, e ele pediu demissão. No Borussia Dortmund, de 2008 a 2015, ficou em 6º e 7º, mas caiu para 13º na sétima temporada. 

NESTE SÁBADO (22), a grande surpresa: o Liverpool, de Jurgen Klopp, perdeu para o Nottingham Forest, que deixou a lanterna depois de 11 rodadas, por 1 x 0, gol do atacante nigeriano Taiwo Awoniyi, aos 10 minutos do 2º tempo. O Liverpool vinha de grande vitória sobre o City, e caiu para o 7º lugar, e de volta à Série A, o Nottingham Forest não vencia há nove jogos, mas saiu da lanterna.

A ATUAÇÃO do egípcio Salah e do alagoano Firmino foi decepcionante, sem ação digna de registro. Em contrapartida, o goleiro inglês Dean Henderson, de 25 anos, 1,90m, emprestado pelo Manchester United, foi o destaque do Nottingham Forest. Aos 49 do 2º tempo, em cabeçada fulminante do zagueiro holandês Virgil van Dijk, ele evitou o empate com a oitava e última grande defesa do jogo.

CAMPEÃO DO MUNDO COM PROBLEMA

O ZAGUEIRO FRANCÊS Raphael Varane, de 29 anos, campeão do mundo em 2018, saiu chorando do 1 x 1 do Manchester United com o Chelsea, neste sábado (22), no Stamford Bridge, em Londres. Ele prendeu o pé e torceu o joelho, a um mês da Copa, podendo desfalcar a seleção do técnico Didier Deschamps.

OS GOLS DO 1 x 1 foram marcados por brasileiros. O meia catarinense Jorginho, naturalizado italiano, fez de pênalti o do Chelsea, aos 43 minutos, e o volante paulista Casemiro, em sua primeira temporada no Manchester United, empatou de cabeça aos 49 minutos, quando os torcedores londrinos já comemoravam a vitória.

COM DOIS GOLS de Haaland, artilheiro com 17 em 11 jogos, o City venceu o Brighton por 3 x 1, neste sábado (20), no Etihad Stadium, em Manchester. O 1º gol de Haaland foi em lançamento longo do goleiro Ederson, da seleção brasileira, elogiado pelo técnico Guardiola como “o goleiro mais sabe usar os pés”. 

O CITY É VICE-LÍDER da Premier League com 26 pontos e o líder Arsenal, com 27, deve aumentar a vantagem como visitante neste domingo (23), diante do Southampton. Gabriel Jesus lidera a equipe londrina comandada pelo técnico espanhol Mikel Arteta.

Fotos: Football365 e Goal