JAIR VENTURA, carioca de 43 anos, filho de Jairzinho, único a fazer gol em todos os jogos de uma edição da Copa do Mundo, que ganhou como artilheiro da seleção em 1970, estreia como técnico do Goiás, na abertura da 2ª rodada do Brasileiro de 2022, na tarde deste sábado (16), no estádio da Serrinha, com o Palmeiras.

O GOIÁS é o sétimo clube de Jair Ventura como técnico, desde agosto de 2016, quando substituiu Ricardo Gomes, e manteve o time invicto com 11 vitórias em 15 jogos, a primeira sobre o São Paulo no Morumbi. Ganhou também como visitante do Cruzeiro e do Grêmio, classificando o Botafogo para a Libertadores de 2017. 

MESMO APÓS RENOVAR por dois anos, Jair Ventura preferiu trocar o Botafogo pelo Santos, que o demitiu em julho, após seis meses. No Corinthians, ficou ainda menos tempo: entrou em setembro, saiu em dezembro de 2018. Após bom tempo sem clube, acertou com o Sport em agosto de 2020.

AO MANTER O SPORT na Série A, ganhou homenagem diferente de um torcedor, que fez uma tatuagem com seu rosto na panturrilha da perna direita. Saiu do Sport em abril de 2021 e assumiu a Chapecoense em maio, saindo em agosto, após 14 jogos sem vitória. Terminou 2021 no Juventude, mantendo o time na Série A.

O JOGO DESTE SÁBADO (16) com o Palmeiras será o 223º de Jair Ventura como técnico e ele tem a missão de manter o Goiás na Série A, após o vice da Série B em 2021. Será o 48º confronto das equipes no Brasileiro, com 25 vitórias do Palmeiras, 13 do Goiás e 9 empates. Na estreia, Coritiba 3 x 0 Goiás, Palmeiras 2 x 3 Ceará.

OUTRO ESTREANTE – O paulista Vagner Mancini, que em 2021 não livrou o Grêmio do rebaixamento, dirige o América pela primeira vez no Brasileiro de 2022 com o Juventude, no estádio Independência. Na estreia, 1 x 1 com o Atlético, no Mineirão, pela Libertadores. Na estreia, o Juventude empatou (2 x 2) com o Bragantino. 

NOS OUTROS DOIS JOGOS da noite deste sábado (16), o Fluminense visita o Cuiabá na Arena Pantanal, e o Corinthians, que estreou com grande exibição e vitória por 3 x 1 sobre o Botafogo, recebe o Avaí, que provocou a demissão do técnico Marquinhos Santos ao derrotar na Ressacada o América Mineiro por 1 x 0.

Foto: Metrópolis