Duas marcas históricas na noite desta primeira quarta-feira, 2 de dezembro de 2020, na Arena de Turim, Norte da Itália: o gol 750 da brilhante carreira de  Cristiano Ronaldo, maior artilheiro europeu de todos os tempos, e o primeiro jogo da história da Liga dos Campeões da Europa apitado por uma mulher, a francesa Stéphanie Frappard, que fez três advertências com cartão amarelo. A Juventus venceu (3 x 0) o Dínamo de Kiev (Ucrânia) e decide o primeiro lugar do Grupo G com o Barcelona.

LIVERPOOL x CHELSEA – A novidade é só na Liga dos Campeões. Árbitra da FIFA desde 2009, Stéphanie Frappard apitou pela primeira vez um jogo de homens, em 28 de abril de 2019, no estádio de La Licorne – Amiens, 0 x 0 Strasbourg, pelo Campeonato Francês. Quatro meses depois, Frappard dirigiu Liverpool 2 x 2 Chelsea, em 14 de agosto, pela Supertaça da Europa, na Arena Vodafone, em Istambul. Dia 7 de julho de 2019, foi a árbitra da final do Mundial Feminino: Estados Unidos 2 x 0 Holanda.

O PRESENTE E OS CARTÕES – Stéphanie Frappard completará 37 anos no próximo dia 14, e recebeu a indicação para apitar Juventus x Dínamo como presente antecipado de aniversário. Ela passou despercebida no estádio da Juventus, com atuação discreta, e só  aplicou três cartões amarelos: aos 10 minutos, no meia uruguaio Rodrigo Betancur, de 23 anos, da Juventus, e aos 27, no zagueiro Ilya Zabarnyi, de 18 anos, o mais jovem que advertiu até hoje. O único cartão do segundo tempo foi para o volante ucraniano Taras Stepanenko, de 31 anos, aos 36 minutos. Frappard marcou 20 faltas (8 da Juventus).

O GOL 750 – Emprestado pela Fiorentina, o atacante Federico Chiesa, genovês de 23 anos, 1,75m, teve participação especial nos três gols: de cabeça, marcou o primeiro aos 21, após cruzamento do lateral brasileiro Alex Sandro; no segundo tempo, aos 12, fez o cruzamento rasteiro para o gol 750 de Cristiano Ronaldo, e aos 21, deu assistência para o espanhol Alvaro Morata, emprestado pelo Atlético de Madrid, fazer 3 x 0, e dividir com o inglês Marcus Rashford, do Manchester United, e com o norueguês Erling Haaland, do Borussia Dortmund, a artilharia do torneio com 6 gols em 5 jogos.

SUSPENSO – A Juventus não terá Alvaro Morata nos dois próximos jogos do Campeonato Italiano, com o Torino e o Genoa. Ele foi suspenso pela expulsão no 1 x 1 com o Bevenento, ao reclamar muito do árbitro de um gol anulado. Na Itália, como em toda a Europa, os clubes não recorrem de suspensão, bem diferente do futebol brasileiro, único do mundo em que há efeito suspensivo para beneficiar infratores, quase sempre reincidentes.

O HISTÓRICO – No Sporting de Lisboa, seu primeiro time, Cristiano Ronaldo fez 5 gols em 31 jogos (2001-03). No Manchester United, 118 gols em 292 jogos (2003-09). No Real Madrid, 450 gols em 438 jogos (2009-2018). Na Juventus, 75 gols em 97 jogos, desde 2018. Na seleção de Portugal, 102 gols em 107 jogos, desde 2003. Cristiano Ronaldo chegou aos 750 gols, faltando dois meses e três dias para comemorar 36 anos, nascido em 5 de fevereiro de 1985, em Funchal, capital da Ilha da Madeira.

BARCELONA x REAL MADRID – Revivendo um dos maiores clássicos do futebol mundial, Messi e Cristiano Ronaldo voltarão a se encontrar na próxima terça (8), no Camp Nou, para decidir o primeiro lugar do Grupo G. Sem Messi, poupado, o Barcelona venceu (3 x 0) o Ferencvaros, da Hungria, nesta quarta (2), na Arena Puskas, em Budapeste, e lidera com 15 pontos. A Juventus é vice-líder com 12, e para terminar em primeiro, precisa de sete gols de diferença, algo (quase) impossível.

ÚNICO 100% – O Barcelona ganhou todos os cinco jogos e tem saldo de 14 gols (16 a 2). A Juventus só perdeu para o Barcelona (2 x 0) no jogo de ida, em Turim, ganhou os outros quatro jogos e tem saldo de 7 gols (11 a 4). Os 3 x 0 desta quarta (2) sobre o Ferencvaros foram muito fáceis, e em 13 minutos do primeiro tempo: o francês Griezmann fez 1 x 0, gol de letra, aos 15; o dinamarquês Martin Braithwaite marcou o segundo aos 21, e o francês Dembélé, de pênalti, o terceiro, aos 28.

NEYMAR BRILHOU – Com dois gols de Neymar, que brilhou intensamente, o PSG, campeão francês, venceu (3 x 1) o Manchester United, no estádio Old Trafford, na noite desta quarta (2). Neymar fez 1 x 0 aos 7 e o inglês Marcus Rashford empatou aos 33. Na volta do intervalo, o zagueiro Marquinhos marcou o segundo gol aos 24, e aos 46, Neymar fez o terceiro. O volante mineiro Fred, de 27 anos, deixou o Manchester United com 10, ao ser expulso aos 25 do segundo tempo, pelo segundo cartão amarelo.

ALFINETADA – Um dia depois de se classificar para as oitavas de final da Liga dos Campeões, com o 0 x 0 no estádio do Dragão, o técnico Sergio Conceição, do FC Porto, campeão português, deu uma alfinetada no espanhol Pep Guardiola, técnico do Manchester City, e em alguns de seus jogadores, que criticaram a postura do Porto no jogo: “É normal que fiquem frustrados quando não conseguem ganhar de uma equipe que tem 10% do orçamento deles”. 

Foto: The Indian Express / The Quint