Escolha uma Página

A seis meses de completar 60 anos, Diego Maradona está em isolamento social em sua confortável casa de Bella Vista, na região metropolitana de Buenos Aires, a três quilômetros da capital. Enquanto aguarda o recomeço do campeonato argentino, ele cuida da saúde, com uma dieta para eliminar o ainda incômodo excesso de peso, e com exercícios moderados, para não prejudicar a bem-sucedida cirurgia nos joelhos em julho de 2019.

PEIXES – A dieta de Maradona inclui peixe três vezes por semana. Dourado e sububim estão entre os seus preferidos, o que coincide com a recomendação médica. A carne do peixe é mais magra que a carne terrestre e seu alto nível de proteína facilita a digestão, além de conter os minerais selênio e iodo, que ajudam no metabolismo. Maradona pesava 67 quilos enquanto jogador e antes da cirurgia chegou a quase 85 e agora está com 79.

APOIO – Em sua bela casa, Maradona tem três seguranças dia e noite, além do apoio do amigo Charly e do sobrinho Espósito. O ex-craque e atual técnico do Gymnasia y Esgrima,recebe a visita quase diária do presidente Gabriel Pellegrino, do seu agente e advogado Matias Morla, e do ortopedista Diego Eyharchet, que o operou em julho de 2019 na Clínica Olivos,bairro arborizado e elegante da residência oficial fixa do presidente da República, a 17 km do Centro de Buenos Aires.

BICICLETA – Maradona dispõe em casa de uma bem montada academia e usa a bicicleta ergométrica, seguindo orientação médica, para fortalecer os músculos das pernas, meio atrofiados por causa da cirurgia no joelho. Quem o acompanha nos movimentos é Gallego Mendez, de 42 anos, ex-zagueiro, campeão no Velez, San Lorenzo e Banfield, e seu assistente-técnico no Gymnasia y Esgrima, de La Plata, clube mais antigo do futebol argentino (3/6/1887).

FIDEL CASTRO – Na pantorrilha, também tratada como panturrilha ou barriga da perna, Maradona tem uma tatuagem de Fidel Castro – 1926 – 2016 -, líder revolucionário marxista-leninista, que governou Cuba de 1959 a 2008, e o recebeu em Havana em abril de 2013. A foto de Maradona, de costas, pedalando em sua academia, dá bem a noção de quanto o ex-jogador do Boca e da seleção argentina engordou.

BOM LEMBRAR – Diego Armando Maradona vai completar 60 anos dia 30 de outubro, uma semana depois dos 80 anos de Pelé, dia 23. Nascido no bairro pobre de Villa Fiorito, na província de Lanús, 13 km ao Sul de Buenos Aires, Maradona  marcou 446 gols em 588 jogos, de 76 a 97. Napoli foi o time em que mais jogou (259) e fez gol (199), de 84 a 91, ganhando dois campeonatos italianos. Boca Juniors, clube do coração, foi o que menos defendeu, em 71 jogos, 46 gols. Campeão do mundo em 86, foi técnico da seleção argentina de 2008 a 2010, demitido após a Copa do Mundo na África do Sul.

Fotos: Ole