Escolha uma Página

CORINTHIANS E AMÉRICA MINEIRO decidem na tarde de hoje (15), com mais de 40 mil torcedores na Arena Corinthians, a última vaga das semifinais da Copa do Brasil. O América venceu o jogo de ida por 1 x 0 e só precisa do empate para decidir com o São Paulo quem vai à grande final com Flamengo ou Grêmio. O Corinthians terá que ganhar por dois gols, ou pelo menos por um gol, para levar a decisão aos pênaltis, como aconteceu em Grêmio x Bahia, após dois 1 x 1.

SERÁ O 27º CONFRONTO, com acentuado equilíbrio: nove vitórias do Corinthians e do América, e oito empates. Mas o retrospecto de apenas três jogos pela Copa do Brasil, é favorável ao América Mineiro, com duas vitórias e um empate. O Corinthians vem de duas vitórias por 1 x 0, sobre o Atlético, no Mineirão, e o Universitário do Peru, na Arena Corinthians. O América faz o terceiro jogo seguido como visitante, após perder para o Coritiba (3 x 1) e para o Colo-Colo (2 x 1).

O CORINTHIANS promoverá a estreia do meia-atacante paraguaio Matias Rojas, de 27 anos, comprado do Racing por R$8.600 mil. Nos últimos seis meses pela equipe argentina, Rojas marcou três gols em três jogos da Libertadores e fez seis gols em catorze jogos pelo campeonato nacional. O técnico Vanderlei Luxemburgo acredita que o novo contratado pode aumentar o potencial ofensivo da equipe: “Mostrou muita habilidade nos treinos” – resumiu o treinador.

O AMÉRICA tenta igualar sua melhor campanha na Copa do Brasil, a de 2020, quando conseguiu chegar às semifinais, eliminado pelo Palmeiras, ao empatar em São Paulo em 1 x 1 e perder em Belo Horizonte por 2 x 0. Do ponto de vista financeiro, o América conseguiu arrecadar R$17.590 mil, quase a metade da previsão do clube para aquele ano, que era de R$38 milhões. As semifinais de 2020 renderam R$7 milhões, e as de 2023 poderão render R$9 milhões ao América.

CORINTHIANS x AMÉRICA será apitado pelo catarinense Ramon Abatti Abel, árbitro Fifa de 33 anos.