O São Paulo terá a volta de Daniel Alves, três dias após ganhar a medalha de ouro e de erguer a taça como capitão da seleção olímpica, na comemoração do quadragésimo segundo título de sua carreira, iniciada em 2001 no Bahia e reiniciada no Brasil em 2019, depois de dezessete anos na Europa, brilhando e ganhando títulos no Sevilha, Barcelona, Juventus e PSG. Ele só pretende encerrar a carreira aos 39 anos, após o último título, o da Copa do Mundo de 2022.

SÃO PAULO e PALMEIRAS iniciam nesta terça (10), no Morumbi, a sequência de três noites de jogos consecutivos, na abertura das quartas de final da Copa Libertadores, que terá amanhã (11) Olímpia x Flamengo, no Paraguai, e River x Atlético Mineiro, na Argentina. O Fluminense, único brasileiro que fará o segundo jogo como visitante, receberá o Barcelona, quinta (12), no Maracanã. Os jogos se repetirão na semana seguinte, com inversão do mando de campo.

OUTRA DECISÃO – Finalistas do Campeonato Paulista, em que o São Paulo venceu o Palmeiras por 2 x 0, gols de Luan e Luciano, em 23 de maio, os times terão outra decisão, três meses depois, desta vez pela vaga nas semifinais da Libertadores, com um tabu a ser quebrado. Será o nono confronto entre os rivais paulistas no torneio sul-americano, sem que o Palmeiras tenha conseguido vencer: o São Paulo ganhou seis dos oito jogos e dois terminaram empatados. 

DOIS OBJETIVOS – Atual campeão da Libertadores, ao vencer o Santos por 1 x 0, na final brasileira de 2020 no Maracanã, o Palmeiras ganhou o segundo título, 21 anos depois, ao derrotar o Deportivo Cali, da Colômbia, por 4 x 3 nos pênaltis, após vitórias por 2 x 1. O objetivo do São Paulo, empatado com Grêmio e Santos, com três títulos, é o de se tornar o brasileiro com mais Libertadores, que ganhou em 92 e 93, quando também foi bi Mundial de clubes, e em 2005.

FINAL DE COPA – Os times estão definidos para o jogo que será apitado pelo argentino Nestor Pitana, árbitro da final da Copa do Mundo de 2018 França 4 x 2 Croácia. SÃO PAULO – Tiago Volpi, Arboleda, Miranda e Leo; Daniel Alves, Luan, Liziero, Benitez e Wellington; Rigoni e Pablo. PALMEIRAS – Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gomez e Renan; Patrick de Paula, Raphael Veiga, Gustavo Scarpa e Wesley; Willian e Deyverson.

Foto: Bolavip