Santos e Athletico Paranaense marcam a volta do futebol brasileiro à Copa Libertadores, na noite de hoje (15). Vice-campeão em sua única final, em 2005, que perdeu (1 x 1 e 4 x 0 para o São Paulo), o Athletico visita o Jorge Wilstermann, da Bolívia, no estádio Felix Capriles, na altitude de 2.570 metros de Cochabamba, a 388 km da capital La Paz, onde o Flamengo enfrentará a altitude de 3.640 metros, quinta (17), no jogo com o Independiente del Valle.

SANTOS 100% – Primeiro brasileiro bicampeão da Libertadores (62-63, quando também foi bicampeão mundial), o Santos recebe o Olímpia, na noite de hoje (15), na Vila Belmiro, em jogo que o uruguaio Leodan Gonzalez, de 38 anos, apitará. Com duas vitórias – 2 x 1 no argentino Defensa y Justicia e 1 x 0 no equatoriano Delfin –, o Santos lidera o Grupo G, com 6 pontos, e o Olímpia, do Paraguai, é vice-líder com 4. É a décima quinta participação do Santos, que fará jogo 133, com 73 vitórias, 32 derrotas, 27 empates.

ATHLETICO – O tricampeão paranaense pode tirar vantagem do longo período sem jogo do Jorge Wilstermann, que empatou (1 x 1), em março, com o Bolívar, pelo campeonato. Athletico, Peñarol (Uruguai) e Jorge Wilstermann estão com 3 pontos, mas o time boliviano lidera pelo saldo de 1 gol. O Athletico venceu o Peñarol (1 x 0), em Curitiba, e perdeu (1 x 0) para o Colo Colo, no Chile. É a sétima participação do Athletico na Libertadores e o time faz hoje (15) o jogo 59, com 27 vitórias, 23 derrotas, 8 empates. O chileno Angelo Hermosillo, de 38 anos, apitará.

INTER E GRÊMIO – Campeão em 2006 e 2010, o Internacional joga amanhã (16) com o América de Cali, terceiro do Grupo E, na Arena Beira Rio, em Porto Alegre. O Inter, do técnico argentino Eduardo Coudet, lidera com 4 pontos e saldo de 3 gols, e o Grêmio é vice-lider, com 4 pontos e saldo de 2 gols, joga amanhã (16), em Santiago, com a Universidad Católica do Chile. O Grêmio ganhou a Libertadores em 83, 95 e 2017.

FLAMENGO – Campeão em 1981 e 2019, o Flamengo tenta a liderança do Grupo A, quinta (17), em Quito, com o Independiente del Valle. Empatados com 6 pontos, o time equatoriano supera o Flamengo no saldo de gols (2), com 6 marcados e nenhum sofrido, enquanto o Flamengo marcou 5 gols e sofreu 1 gol. O São Paulo, campeão em 92-93-2005, recebe o River Plate, quinta (17), no Morumbi, pelo Grupo D. Iguais em pontos (3), o River lidera com saldo de 5 gols; o saldo do São Paulo é de 2 gols.

Foto: JM Online