Escolha uma Página

Os principais jornais esportivos europeus desta segunda (10) noticiam com destaque uma nova ação contra Neymar, desta vez por envolvimento na formação de uma rede de prostituição de mulheres de altíssimo nível, que ele estaria organizando e patrocinaria entre o Brasil e a França. A acusação é da modelo Najila Trindade, que o denunciou em 2019 por tentativa de estupro em um hotel em Paris, onde se encontraram pela primeira vez.

MAIS SEGURANÇA – A defesa do movimento feminino acredita que a ação, a ser impetrada pelo advogado da modelo, em Paris, poderá ter mais segurança na França do que no Brasil. Bom lembrar: a Justiça brasileira determinou o arquivamento da denúncia da modelo, por acusação de estupro, “por absoluta falta de provas”. A defesa do jogador disse que só poderá se manifestar quando for notificada. Neymar revela muita tranquilidade.