Escolha uma Página

Enquanto o Japão confirma os Jogos Olímpicos de 2020, de 24 de julho a 9 de agosto, a União Europeia de Futebol adiou para 2021 a Eurocopa, considerada a Copa do Mundo de seleções da Europa, em decisão oficial de ontem (17), em videoconferência de que participaram presidentes e secretários-gerais das 55 Federações nacionais filiadas. As 24 seleções disputarão o torneio de 11 de junho a 11 de julho, em seis grupos e em 12 cidades-sede.

DESDE 1960 – O torneio começou a ser disputado em 1960 como Taça das Nações Europeias e desde 1968 passou a Eurocopa de Seleções, nos moldes da Copa do Mundo organizada pela FIFA. A União Europeia de Futebol manteve 10 seleções desde 1966 e elevou o número para 24 em 2016, quando o torneio ganhou nova dimensão. A primeira campeã foi a atual Rússia, que participou de 1960 a 1992, com a camisa vermelha U R S S (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas).

RECORDISTAS – Espanha e Alemanha ganharam três vezes a Euro de seleções e a França tem dois títulos, mas só Itália, França e Espanha ganharam o torneio em casa. O recorde de vitórias é da Alemanha, com 26 em 12 participações; França, 20 vitórias em nove, e a Espanha, 19 vitórias em 10 participações. Portugal ganhou a última Euro em 2016, dirigido pelo técnico Fernando Santos e tendo Cristiano Ronaldo como capitão e recordista de jogos (21).

AS GOLEADAS – Quatro seleções dispararam as maiores goleadas da história da Eurocopa, a começar pelos 6 x 1 da Holanda sobre a então Iugoslávia – 1918 a 1992 -, hoje República da Sérvia, no torneio de 2000. Antes, em 1984, a França fez 5 x 0 na Bélgica, e a Dinamarca 5 x 0 na Iugoslávia. O mais recente 5 x 0 foi o da Suécia na Bulgária, em 2004. A Euro foi realizada três vezes em duas sedes: 2000 – Bélgica e Holanda; 2008 – Áustria e Suíça, e 2012 – Polônia e Ucrânia.

ARTILHEIROS – O francês Michel Platini, banido da presidência da UEFA por corrupção, pode ser considerado o maior artilheiro da Europa, que só disputou uma vez, em 1984. Em cinco jogos, ele marcou nove gols, média de 1,89 por jogo. Igual a Platini, Cristiano Ronaldo fez nove gols, mas em 21 jogos, e sua média é de 0,43 por jogo, depois de disputar quatro vezes a Euro, em 2004, 2008, 2012 e 2016.

PRESIDENTE – A União Europeia de Futebol (UEFA) foi fundada em 15 de junho de 1954, na cidade suíça da Basileia, e Aleksander Ceferin, esloveno de 52 anos, fluente em inglês e italiano, é o sétimo presidente desde 2016, tornando-se automaticamente vice-presidente da FIFA. Advogado bem-sucedido, dirige o escritório que foi de seu pai, na capital Liubliana, onde vive com a esposa Bárbara e três filhos.