MESMO FORA DE CASA, o Ajax é favorito na visita de hoje (23) ao Benfica, no estádio da Luz, em Lisboa, pela última rodada dos jogos de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões 2021-2022.  O líder do Campeonato Holandês, com média de 3.04 gols por jogo, marcou 70 e sofreu 5 em 21 jogos, e tem 100% de aproveitamento na Champions, com 10 gols em 3 jogos como visitante.

TERCEIRO DO Campeonato Português, com 51 pontos, menos 6 que o vice-líder Sporting e menos 12 que o líder Porto, virtual campeão, o Benfica tenta perder de pouco, hoje (23), em Lisboa, para não ir ao jogo do dia 16 de março, na Arena Cruyff, em Amsterdam, com muita desvantagem. Mesmo na Luz, o Benfica só conseguiu como mandante, nos jogos da Champions, fazer 5 gols em três jogos.

OUTRO VISITANTE que se apresenta como favorito, hoje (23), é o Manchester United, de Cristiano Ronaldo, que jogará com o Atlético de Madrid, no estádio Wanda Metropolitano. O campeão espanhol não vive boa fase, e nos últimos seis jogos ganhou 3 e perdeu 3. Os ingleses terão a vantagem do jogo de volta em Manchester, dia 15 de março.

CHELSEA 2 x 0 – Em seu estádio Stamford Bridge, na região central de Londres, o campeão europeu confirmou o favoritismo e venceu o Lille, campeão francês, por 2 x 0, na noite de ontem (22). O meia Kai Havertz fez 1 x 0 logo aos 8 minutos, completando de cabeça o escanteio do lateral Azpilicueta, e o meia norte-americano Christian Pulisic marcou o 2º gol aos 18 minutos.

O TÉCNICO ALEMÃO Thomas Tuchel nem precisou do meia brasileiro Jorginho e do atacante belga Lukaku, que viram o jogo do banco de reservas. O árbitro espanhol Gil Manzano marcou 16 faltas (6 do Lille) e aplicou cartão amarelo no meia Loftus-Cheek, do Chelsea, e no atacante Ben Arfa, do Lille. O Chelsea pode perder por um gol o jogo de volta, dia 16, no estádio Pierre-Mauroy, no Norte da França.

DOIS RECORDES foram estabelecidos ontem (22), no empate do Villarreal com a Juventus, no estádio El Madrigal. O atacante sérvio Dusan Vlahovic, de 22 anos, 2º mais jovem da Juventus a estrear na Liga dos Campeões, marcou o gol mais rápido do time italiano, aos 33 segundos. O volante espanhol Dani Parejo, de 32 anos, eleito melhor do jogo, empatou para o Villarreal aos 21 do 2º tempo.

A JUVENTUS manteve a linha cautelosa dos visitantes italianos, acreditando que pode se classificar no jogo de volta, dia 16, em seu Allianz Stadium, em Turim. Foi o primeiro jogo entre Villarreal e Juventus, com o técnico Massimiliano Allegri substuindo os brasileiros. Alex Sandro saiu no intervalo, entrando Leonardo Bonucci, e o volante Artur deu lugar a Manuel Locatelli. 

NOS POUCOS CHUTES na direção do gol, 3 do Villarreal e 2 da Juventus. Das 25 faltas, 13 do Villarreal. O árbitro alemão Daniel Siebert só fez duas advertências com cartões amarelos, em Adrien Rabiot, da Juventus, por falta no meia Chukwueze, e em Gerônimo Rulli, goleiro argentino do Villarreal, por reclamação.

Foto: Scores aqnd Stats