Mesmo que o retrospecto dos jogos em casa não seja muito favorável, a ajuda rubro-negra do Athletico Paranaense será bem-vinda ao Flamengo, no jogo que abre a vigésima quinta rodada, com o Atlético Mineiro, neste sábado (12), na Arena da Baixada, em Curitiba. Os números mostram vantagem do mandante Athletico – 5 vitórias, 4 empates, 3 derrotas – sobre o visitante mineiro, que nos 11 jogos fora de casa só ganhou 4, perdeu 6 e empatou 1.

DÉCIMO SEGUNDO com 28 pontos em 24 jogos – 8 vitórias, 4 empates, 12 derrotas -, o Athletico Paranaense subirá duas posições, desde que Corinthians e Fortaleza, com 30 pontos, não vençam. Mas, em contrapartida, poderá cair três posições, se Atlético Goianiense, Bragantino e Bahia vencerem. Um dos mais afetados pela Covid-19, o Furacão entra mais forte, contando com a volta de vários titulares, entre eles o goleiro Santos, uma das principais referências do time.

BOM LEMBRAR – Uma das melhores apresentações do Athletico Paranaense, dirigido com equilíbrio e inteligência pelo técnico carioca Paulo Autuori, foi nos 2 x 0 do turno, no Mineirão, onde o técnico argentino Jorge Sampaoli não parava de caminhar, inconformado com o domínio dos visitantes. No jogo de hoje (12), Autuori terá Santos, Erick, Pedro Henrique, Zé Ivaldo e Abner; Richard, Christian e Leo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Kayzer.

VICE-LÍDER com 43 pontos em 24 jogos – 13 vitórias, 4 empates, 7 derrotas -, o Atlético Mineiro, se vencer, reduz a diferença para 4 pontos do líder, desde que o São Paulo perca na Arena Corinthians, o que também muito bom para o Flamengo. No entanto, em caso de derrota ou empate, o Atlético perde também a vice-liderança, se o Flamengo, com 42 pontos, vencer. O Flamengo só perde posição se for derrotado pelo Santos, e o Grêmio, com 40 pontos, ganhar do Goiás no último jogo da noite.

BOM DIZER – A missão de amanhã (13) do Flamengo pode ficar mais facilitada, a se confirmar o anúncio do técnico Cuca de que o Santos não terá time completo, cuja escalação ele próprio antecipou: João Paulo, Madson, Luis Felipe, Laercio e Wagner Leonardo; Alison, Balieiro, Lucas Lourenço e Jean Mota; Tailson e Bruno Marques. Cumprem suspensão Lucas Veríssimo, Diego Pituca e Soteldo, também infectado pela Covid-19. O artilheiro Marinho está entre os que serão poupados para o jogo de volta com o Grêmio, quarta (16), na Vila Belmiro, pela Libertadores, depois de 1 x 1 na Arena Grêmio.

ARTILHEIRO – O Flamengo prepara a defesa de Bruno Henrique, a fim de evitar suspensão longa do artilheiro, no julgamento da próxima quarta (16), da Terceira Comissão Disciplina do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Bruno Henrique provocou fratura do nariz do volante Breno, do Goiás, que saiu imediatamente de campo, ao ser atingido com a sola da chuteira. No jogo de amanhã (13) com o Santos, o experiente Diego (35) ou o novato João Gomes (19) será o substituto de Arão, já vetado também para os jogos seguintes com Bahia e Fortaleza, pela lesão muscular na coxa.