Foto: Nigel Roddis/EPA

O Manchester City, campeão inglês, já estava com o primeiro lugar do Grupo F garantido e só levou o susto, em casa, na noite desta quarta (12), ao sofrer o gol do Hoffenheim, no Etihad Stadium. O zagueiro Laporte fez pênalti no atacante brasileiro Joelinton e o croata Andrej Kramaric converteu, completando o nono jogo consecutivo com gol. Kramaric, 27 anos, 1,77m, foi vice-campeão do mundo em 2018 na Copa da Rússia.

VIRADA – O meia canhoto Leroy Sané, 22 anos, nascido em Essen – oitava maior cidade da Alemanha -, filho de senegalês e alemã, foi o destaque da noite. No último minuto do primeiro tempo, em cobrança de falta, tipo míssil, ele acertou o ângulo, deixando o goleiro alemão Oliver Baumann, 28 anos, 1,93m, diplomado em Filosofia, totalmente impotente para chegar na bola. Na volta do intervalo, o City continuou com o domínio, e Sané fez o da virada aos 16 minutos, seu gol 30 em 105 jogos desde 2016 no City.

GABRIEL JESUS e o goleiro Ederson, ambos da seleção brasileira, jogaram do início ao fim. Ederson, sem culpa no gol e também sem ser tão exigido, e Gabriel Jesus, com poucas chances. O Manchester City terminou em primeiro no Grupo F com 13 pontos – 4 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 16 gols pró e 6 contra – e comprovou seu momento muito favorável.

EMPATE NA NEVE – Na noite gelada e com neve, na Ucrânia, nesta quarta (12), o Olympique Lyon confirmou o segundo lugar do Grupo F e a décima participação nas oitavas de final, ao empatar (1 x 1) com o Shakhtar, no Estádio Olímpico de Kiev, que ficou em terceiro e vai disputar a Liga Europa.

BRASILEIRO – O gol do Shakhtar foi do atacante santista Júnior Moraes, 31 anos, 1,76m, campeão paulista de 2007 pelo Santos, que joga na Ucrânia desde 2011 e hoje completou 18 gols em 25 jogos pelo Shakhtar. No segundo tempo, o atacante francês Nabil Fekir, 25 anos, empatou aos 22 minutos, em jogo apitado pelo holandês Bjorn Kuipers, que marcou 20 faltas (12 do Lyon). No Shakhtar, do técnico português Paulo Fonseca, também jogam os atacantes brasileiros Maycon e Taison.

O Olympique Lyon terminou invicto em segundo no Grupo F, com 8 pontos – 1 vitória, 5 empates, 12 gols a favor e 11 contra. O time francês é treinado pelo ex-meio-campo francês Bruno Genesio, 52 anos.