Escolha uma Página

A PENÚLTIMA RODADA da fase de grupos da Liga dos Campeões, maior torneio de clubes do mundo, confirmou hoje (29) a liderança invicta do Real Madrid, maior campeão com 14 títulos, do técnico italiano Carlo Ancelotti, ex-volante de 64 anos, e do Manchester City, atual campeão, do técnico espanhol Josep Guardiola, ex-volante de 52 anos. Dos 32 times, os únicos com 100% de aproveitamento – 5 jogos, 5 vitórias – e com exibições do mais elevado nível técnico.

ASSIM FOI A DA 5ª VITÓRIA CONSECUTIVA, que o Real Madrid conseguiu na noite desta 4ª feira (29), diante de 83.186 torcedores, em seu belo Santiago Bernabeu, um dos estádios mais modernos do mundo. O Napoli fez 1 x 0, gol do argentino Giovanni Simeone, aos 9; o ex-santista Rodrygo empatou aos 9, e o inglês Bellingham, aos 21, marcou o gol da virada. O Napoli empatou aos 2 minutos do 2º tempo, com o gol do meia camaronês Zambo Anguissa.

O REAL MADRID pressionou muito, mas parou em grandes defesas do goleiro italiano Alex Merete, de 26 anos, 1,92m, natural de Udine. Mas, aos 38, cinco minutos após substituir Brahim Diaz, o meia Nico Paz, de 19 anos, marcou de canhota, da entrada da área, o terceiro gol. Nos acréscimos, aos 49, Joselu fez o 4º gol, em jogo de 20 faltas (14 do Napoli, que teve o meia sueco Jens Cajuste advertido com cartão amarelo árbitro François Letexier, por simular um pênalti).

O REAL MADRID vive o melhor início das cinco temporadas sob o comando de Carlo Ancelotti, com 16 vitórias, 2 empates e só uma derrota. O técnico chegou hoje (29) ao 273º jogo, com 199 vitórias, 35 empates, 39 derrotas, igualando-se a Miguel Muñoz (1922-1990), primeiro campeão como jogador e técnico, nove vezes campeão espanhol e duas vezes da Liga dos Campeões. Ancelotti é o único quatro vezes campeão da Champions, duas pelo Milan e duas pelo Real Madrid.

PELA PRIMEIRA VEZ, diante das especulações de que assumiria a seleção brasileira em meados de 2024, Carlo Ancelotti fez um breve comentário, concordando com o que disse José Mourinho: “Só um louco deixaria o Real Madrid”. Técnico português com mais prestígio no mundo, Mourinho, de 60 anos, desde 2021 dirigindo a Roma, foi duas vezes campeão da Europa, com o FC Porto (2003-2004) e com a Inter de Milão (2009-2010), e campeão espanhol no Real Madrid (2011-12).

BRASILEIROS BRILHAM NA GOLEADA

A PENÚLTIMA RODADA da fase de grupos foi concluída com os 31 gols nos oito jogos de hoje (29), com destaque para os brasileiros Martinelli, Gabriel Jesus e Jorginho, de pênalti, que marcaram nos 6 x 0 do Arsenal sobre o francês Lens, no Emirates Stadium, em Londres. O Arsenal, do técnico espanhol Mikel Arteta, ex-meia de 41 anos, lidera o Grupo B. O vice-líder é o holandês PSV, que ganhou de virada (3 x 2), fora de casa, do Sevilha, no Estádio Ramon Sanchez Pizjuan.

75 MIL TORCEDORES saíram frustrados da Allianz Arena, em Munique, onde o Bayern, líder do Grupo A, perdeu os 100% de aproveitamento, ao ficar no 0 x 0 com o vice-líder Copenhague, campeão da Dinamarca. O Manchester United deixou escapar a chance de ser vice-líder, ao ceder o empate (3 x 3), em Istambul, ao turco Galatasaray. O time inglês, dirigido pelo técnico holandês Erik ten Hag, ex-zagueiro de 53 anos, ainda não conseguiu se ajustar.

JÁ ELIMINADO, o Benfica deu a impressão de que venceria, ao fazer 3 x 0, gols do meia João Mario no 1º tempo, mas causou outra decepção em seu Estádio da Luz, em Lisboa, ao ceder o empate na volta do intervalo. Arnautovic, Frattesi e o chileno Alexis Sanchez marcaram os gols da Inter, que vai decidir o 1º lugar do Grupo D, em Milão, com a Real Sociedad, que ficou no 0 x 0, em San Sebastián, com o austríaco Salzburg.

QUATRO CAMPEÕES estão eliminados, antes da última rodada, nos dias 12 e 13 de dezembro: Benfica, Feyenoord, Celtic e Estrela Vermelha. Dez disputarão as quatro vagas restantes para as oitavas de final, entre eles Milan e Manchester United, ambos com chances bem remotas. O Porto é um dos que têm mais possibilidades de vaga, pela vantagem do empate, ao receber o ucraniano Shakhtar, no estádio do Dragão, o mais belo e mais moderno do Norte de Portugal.

O MATA-MATA das oitavas de final será iniciado em fevereiro, já em pleno rigor do inverno europeu. A grande final da Liga dos Campeões 2023-2024 será no sábado, 1 de junho, no Estádio de Wembley, nos arredores de Londres.

Foto: IstoÉ Independente e R7 Esportes