Escolha uma Página

CONTRARIANDO o próprio critério de não repetir árbitro em jogos da mesma competição, a Comissão de Arbitragem da Fifa, dirigida pelo ex-árbitro italiano Pierluigi Collina, de 63 anos, escalou nesta 4ª feira (20) o polonês Szymon Marciniak, de 42 anos, para a final Fluminense x City, último Mundial de clubes com sete equipes, 6ª feira (22), no estádio Rei Abdullah, na Arábia Saudita. Será a terceira decisão importante que apitará nos últimos dois anos.

MARCINIAK foi investigado pela União Europeia de Futebol (Uefa), em junho, pela participação em evento político do Lei e Justiça, maior partido de extrema direita do Parlamento polonês, onde houve palestras contra judeus, gays, lésbicas e aborto. O evento foi na pequena Plock, cidade onde nasceu em 7/1/1981, a 110 km da capital Varsóvia, e Marciniak, que não fez palestra, foi inocentado: “Não tenho lastro político e não sabia que se falaria de política no evento” – resumiu.

EX-MEIA MUITO EXPLOSIVO, “de temperamento intempestivo e difícil de ser controlado”, como se autoanalisou, jogou pouco tempo no Wisla Plock, e depois de três vezes expulso, reclamou e quase agrediu o árbitro, que o aconselhou: “Se gosta mesmo de futebol, tente melhorar”. Marciniak fez o curso de árbitro e começou a apitar em 2009, sendo admitido na Fifa em 2011. Desde então, no currículo, 53 jogos da Champions e 7 jogos de Copa do Mundo, incluída uma decisão.

O ÁRBITRO DE Fluminense x City apitou a final da Copa da Polônia de 2014-2015, Legia Varsóvia 2 x 1 Lech Poznan; a final da Eurocopa Sub-21 de 2014-2015 Portugal 0 x 0 Suécia (4 x 3 nos pênaltis), e nesta 6ª feira (22), a terceira final importante dos últimos dois anos, depois de City 1 x 0 Inter de Milão, da Champions 2022-2023, e França 3 x 3 Argentina (4 x 2 nos pênaltis), da Copa do Mundo de 2022.

OS TÉCNICOS DINIZ e Guardiola devem repetir a escalação da semifinal: FLUMINENSE – Fabio, Samuel Xavier, Nino (c), Felipe Melo e Marcelo; André, Martinelli e Ganso; Arias, Cano e Keno. O atacante Kennedy é mantido como talismã, só entrando no decorrer do 2º tempo. MANCHESTER CITY – Ederson, Walker, Stones, Akanji e Aké; Rodrigo, Kovacic e Mateus Nunes; Bernardo, Phil Foden e Jack Grealish. O artilheiro Haaland e o meia De Bruyne não foram inscritos.

Foto: Reuters