AO INAUGURAREM ONTEM (4) o escritório conjunto da União Europeia de Futebol (Uefa) e da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), em área nobre da região central de Londres, os presidentes Aleksander Ceferin e Alejandro Dominguez confirmaram que os 86 mil ingressos de Argentina x Itália estão esgotados.

TRATADO COMO A FINALÍSSIMA, o confronto das seleções campeãs da Europa e da América do Sul será na 4ª feira, 1 de junho, no estádio de Wembley, nos arredores de Londres. Os ingressos foram comercializados a 25 libras (R$163) e a 55 libras (R$539), e os VIPs por 99 libras (R$538). 

O CONFRONTO das seleções campeãs da América do Sul e da Europa está sendo reativado em 2022, depois de ter sido disputado em 1983, em Paris, com vitória da França sobre o Uruguai por 2 x 0, e em 1993, em Mar del Plata, onde a Argentina, com Maradona, ganhou da Dinamarca por 5 x 4 nos pênaltis, após 1 x 1.

MESMO COM A ITÁLIA recém-eliminada da Copa do Mundo, pela segunda vez consecutiva, o jogo de 1 de junho com a Argentina, classificada em 2º lugar, será uma das maiores atrações do início do verão europeu. Os presidentes Ceferin e Dominguez trabalham por outros grandes eventos do futebol no cenário europeu.

DEPOIS DE DETONAREM a ideia da Fifa de Copa do Mundo de dois em dois anos, Ceferin e Dominguez querem agora confirmar o confronto do campeão da Libertadores com o campeão da Liga dos Campeões da Europa. Que não seja todos os anos, pelo menos de dois em dois anos.

Foto: Lance!