Escolha uma Página

DEPOIS DE 14 ANOS o Arsenal voltou às quartas de final da Liga dos Campeões, ao eliminar o Porto nos pênaltis (4 x 2), após vencer por 1 x 0 nos 120 minutos do jogo mais intenso da temporada 2023-2024 do maior torneio de clubes do mundo. O Porto havia vencido o jogo de ida por 1 x 0, gol do brasileiro Galeno.

UM DIA APÓS CONVOCADO pela primeira vez para os amistosos da seleção com Inglaterra e Espanha, o maranhense Galeno não aproveitou a última cobrança, defendida pelo goleiro espanhol David Raya, de 28 anos, emprestado ao Arsenal pelo Brentford, modesto 15º entre os 20 da primeira divisão inglesa.

NOS 90 MINUTOS, o Arsenal igualou o placar agregado (1 x 1) com o gol do belga Leandro Trossard, aos 41, com chute rasteiro no canto esquerdo do goleiro suíço Diogo Costa, de 24 anos, naturalizado português, após um passe primoroso do meia norueguês Martin Odegaard, de 25 anos, capitão da equipe inglesa.

A PRORROGAÇÃO mostrou o bom condicionamento físico de Arsenal e Porto, além de confirmar o equilíbrio das equipes. O técnico espanhol Mikel Arteta, ex-meia de 41 anos, só fez a primeira substituição no Arsenal aos 38 do 2º tempo, quando Gabriel Jesus entrou no lugar de outro brasileiro, o meia Jorginho.

NOS PÊNALTIS, 100% de aproveitamento do Arsenal. Converteram Odegaard, Havertz, Saka e Rice, único que bateu de pé direito. O lateral cearense Wendell acertou a trave no 2º pênalti do Porto, e o maranhense Galeno perdeu o 4º, defendido pelo goleiro. Pepê, ex-Grêmio, e o sérvio Grujic converteram.

COM A LOTAÇÃO MÁXIMA de 60.704 torcedores (2.800 do Porto), o Emirates Stadium, em Londres, teve noite histórica nesta 3ª feira, 12 de março de 2024, em que o Arsenal, 13 vezes campeão inglês e recordista da Copa da Inglaterra com 14 títulos, voltou às quartas de final da Champions, após 14 anos.

NO ESTÁDIO OLÍMPICO de Montjuic, onde joga, enquanto o Camp Nou está em obras de ampliação, o FC Barcelona teve o apoio de 55 mil torcedores e venceu o Napoli por 3 x 1, garantindo a 23ª participação nas quartas de final da Liga dos Campeões, que está tentando conquistar pela sexta vez.

O BARCELONA praticamente liquidou o jogo em dois minutos, com os gols do meia espanhol Fermin Lopez, de 20 anos, aos 15, e do ala português João Cancelo, de 29 anos, emprestado pelo Manchester City, aos 17, aproveitando a volta da bola em chute do gaúcho Raphinha na trave.

O NAPOLI, campeão italiano, ensaiou a reação, mas ficou no gol do zagueiro kosovar Amir Rrahmani aos 30 minutos. Na volta do intervalo, o time catalão manteve o domínio, perdeu chances de ampliar, mas aos 37 minutos o alemão Robert Lewandowski tranquilizou os 55 mil torcedores.

AMANHÃ (13) SERÃO decididas as duas últimas vagas. Em seu estádio Civitas Metropolitano, em Madrid, Atlético precisa vencer a Inter por dois gols, depois de perder em Milão por 1 x 0, e em seu Signal Iduna Park, o Borussia Dortmund é favorito ao receber o PSV Eidhoven, com quem empatou (1 x 1) na Holanda.

O SORTEIO DAS QUARTAS será 6ª feira (15). Já classificados, Real Madrid, Manchester City, Bayern Munique, PSG e Arsenal, faltando apenas os dois vencedores de amanhã (13). A final da Champions será sábado, 1 de junho, em Wembley, onde Inglaterra e Brasil farão amistoso no próximo dia 26, na estreia do técnico Dorival Jr.

Fotos: CNN e LLUIS GENE/AFP via Getty Images