Gazeta Esportiva

Depois de campanha nada convincente na fase de grupos, em que terminou em segundo do Grupo 9, ao sofrer a única derrota (1 x 0) para o Cuiabá, da capital do Mato Grosso, o Botafogo começou bem no mata-mata, derrotando (2 x 0) o Atlântico EC, da Bahia, primeiro do Grupo 10, nesta sexta (11), e seu próximo adversário será o América Mineiro, que eliminou (2 x 0) o Cuiabá.

Quem já sonha com o Botafogo na final e pensa no título como presente inesquecível de aniversário é o meia-atacante Rhuan, que marcou os dois gols desta sexta (11), no estádio de São Carlos. Ele vai completar 19 anos no próximo dia 25, data da grande final da Copa São Paulo, que o Botafogo conquistaria pela primeira vez, 48 anos depois da única final que perdeu nos pênaltis para o Fluminense, em 1971, por coincidência, ano em que também foi derrotado pelo tricolor na decisão do Campeonato Carioca.

DE CABEÇA E DE FALTA – Rhuan fez um gol em cada tempo nos 2 x 0 desta sexta (11) sobre o Atlântico EC, do município de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. O primeiro foi de cabeça, após o escanteio que Marcelo bateu da direita, aos 47, nos acréscimos de dois minutos dados pelo árbitro paulista Pietro Stefanelli. O segundo foi de falta, aos 26, que sofreu do zagueiro Lucas Silva na entrada da área. A cobrança foi em grande estilo, no canto esquerdo, sem chance para o goleiro William.

BELO TRABALHO – Rhuan faz parte do grupo de dezoito jogadores jovens que se destacaram na base do Botafogo e renovaram contrato até o fim do primeiro mandato do advogado Nelson Mufarrej Filho, presidente do clube, que fala com orgulho: “É um belo trabalho do Botafogo, feito por profissionais capacitados e de alto nível”. O Botafogo foi campeão brasileiro sub-20 e a atuação do diretor de futebol da base, Manoel Renha, também é uma grande referência.

MARCOS SOARES – Técnico de 43 anos, Marcos Soares está dando sequência ao trabalho com muita competência, aplicando o que aprendeu na base do Corinthians e nos estágios que fez no Barcelona, Atlético de Madrid e Bayern de Munique. Marcos Soares foi também coordenador de logistica da seleção do Irã na Copa do Mundo de 2014 realizada no Brasil. O time que ele comandou ontem (11) nos 2 x 0 sobre o Atlântico foi Lucas, Pimenta, Glauber, Elivelton (Nicolas) e Lucas Barros; Caio Alexandre, Michel e Pedro Paulo; Rhuan, Marcelo (Luis Henrique) e Enio (Gabriel).

  • VASCO x JUVENTUDE – Primeiro do Grupo 27, o Vasco estreia no mata-mata neste sábado (12) com o Juventude, de Caxias do Sul, em Taubaté, município da região do Vale do Paraíba, a 135 km da capital paulista.
  • FLUMINENSE x LONDRINA – Segundo do Grupo 23, o Fluminense – carioca que mais ganhou a Copa São Paulo (5 vezes) – estreia no mata-mata com o Londrina, do norte do Paraná. O jogo será em Capão Bonito, quinto maior município paulista, a 223 km da capital. É a terra do famoso virado à paulista, com tutu, arroz, couve e linguiça com dois ovos fritos.
  • VOLTA REDONDA x GOIÁS – Segundo do Grupo 32, o Volta Redonda joga o mata-mata deste sábado (12) com o Goiás, no estádio Nicolau Alayon, do Nacional, na Rua Comendador Souza, no Parque da Água Branca, próximo da região central da capital paulista.
  • BOM LEMBRAR – Dos sete times do Rio de Janeiro, os primeiros eliminados da Copa São Paulo foram Boavista – único que perdeu todos os jogos da fase de grupos -, Madureira e Flamengo, eliminado ontem (11) no mata-mata pelo Figueirense, de Santa Catarina.