Com os dois gols que marcou na segunda vitória consecutiva do único time do Rio com 100% de aproveitamento no início do Campeonato Brasileiro de 2020, o argentino German Cano, artilheiro do Vasco, supera Gabriel e Bruno Henrique, artilheiros do Flamengo. Cano e Gabriel – que não marca há sete jogos – estão iguais com 11 gols, mas Cano fez 15 jogos, média de 0,73/jogo, e Gabriel fez 17 jogos, média de 0,64/jogo.

Bruno Henrique fez 8 gols em 16 jogos, média de 0,5/jogo. DURANTE toda a temporada de 2020, que entrou em recesso em março, devido à pandemia, German Cano, com 11 dos 16 gols do Vasco, chega a quase 70%, marca que impressiona e causa impacto. Guerrero, do Internacional, que fez gol em todos os jogos das três primeiras e é o artilheiro do Brasileiro 2020, está empatado com Diego Souza, do Grêmio, com 9 gols em 14 jogos durante o ano. Nenê, do Fluminense, também marcou 9 gols, mas em 20 jogos. 

BRUNO HENRIQUE, nada bem nos primeiros jogos, como ainda se viu na noite de sábado (15), em Curitiba, está à frente de Luiz Adriano. O atacante do Flamengo fez 8 gols em 16 jogos, e o do Palmeiras também marcou 8, mas em 18 jogos. A grande estranheza é o declínio de Gabriel, não só por estar há sete jogos sem marcar, mas pelas finalizações imprecisas, que em nada lembram as de 2019, quando seu percentual de acerto era muito elevado

OS DOIS 100% – O Atlético Mineiro faz o melhor início, com três vitórias em três jogos, desde a estreia em que venceu o Flamengo, no Maracanã. Em casa, a virada de 3 x 2 sobre o Corinthians, deixou clara a capacidade de reação do time, e os 2 x 0 de ontem (16) no Sport, sob muito calor, no Mineirão, mostrou o bom condicionamento da equipe. Não à toa, Sampaoli está no grupo seleto dos técnicos de ponta do futebol sul-americano. O Santos errou em liberá-lo e o Flamengo demorou em tentá-lo. 

O VASCO também se credencia pelos 100% nos dois primeiros jogos em casa, com vitórias sobre equipes bem preparadas por bons técnicos. É natural que haja agora expectativa em torno dos primeiros jogos consecutivos que o líder Atlético fará como visitante, quarta (19) com o Botafogo e sábado (22) com o Internacional. O Vasco vai sair pela primeira vez para o jogo de quinta (20), em Fortaleza, com o Ceará, mas já domingo (23), estará de volta a São Januário para receber o sempre complicado Grêmio.

A MÉDIA de gols – 2,15/jogo – acompanha os números de 2019, embora 2020 tenha começado com quatro jogos da primeira rodada adiados, pela pandemia e pelas finais de campeonatos estaduais, que a CBF decide manter, quando o lógico seria um Campeonato Brasileiro nos moldes dos campeonatos estaduais, com intervalo para recuperação. 56 gols nos primeiros 26 jogos, com apenas dois 0 x 0 entre os nove empates (sete 1 x 1), 13 vitórias dos mandantes e 4 vitórias dos visitantes, bem normal. Bom dizer: a primeira vitória do Flamengo – 1 x 0 no Coritiba – foi a única de visitante na terceira rodada.

Foto: Lance!