Escolha uma Página

Depois do clássico da noite de hoje (4) com o Vasco, em que vai enfrentar o artilheiro argentino Cano, com 13 gols, empatado com seu reserva Pedro, o Flamengo terá outro artilheiro no caminho, na noite do próximo domingo (7), desta vez Claudinho, o novo artilheiro do Brasileiro 2020, com 17 gols, que ultrapassou Tiago Galhardo (Inter) e Marinho (Santos), com 16, ao marcar o segundo dos 2 x 0 da noite de ontem (3) sobre o Atlético Goianiense, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

NOITE FELIZ – A noite da primeira quarta (3) de fevereiro foi feliz para Claudinho, que completou 100 jogos com a camisa do Bragantino e se isolou na artilharia do Brasileiro. Na volta do intervalo, ele deu assistência para o atacante Ytalo fazer 1 x 0 aos 11, e aos 49, converteu o pênalti que o volante Rithely cometeu com o braço. Com os 2 x 0, o Bragantino evitou completar o quarto jogo consecutivo sem fazer gol em casa e subiu quatro posições, terminando a rodada em nono com 47 pontos.

ARTILHEIRO – Claudinho é Claudio Luiz Rodrigues Parísi Leonel, que fez 24 anos em 28 de janeiro, seis dias depois que o município de São Vicente, região metropolitana de Santos, onde nasceu, completou 489 anos. Sem chance depois de se formar na base do Santos, foi para o Corinthians e integrou o elenco campeão brasileiro de 2015, sem disputar nenhum jogo. Primeiro emprestado e depois vendido, é titular do Bragantino desde 2019, campeão paulista e melhor jogador da Série B. Renovou contrato até 2024, mas está no radar do Internacional, por indicação do técnico Abel Braga.

CLEITON, Aderlan, Leo Ortiz, Ligger e Edimar (Luan Cândido); Raul, Ramires (Ryller) e Claudinho (Vitinho); Artur (Cuello), Ytalo e Helinho (Bruno Tubarão) – o time do Bragantino, nono com 47 pontos em 34 jogos – 12 vitórias, 11 derrotas, 11 empates, saldo de 9 gols (48 a 39) -, do técnico Maurício Barbieri, paulistano de 39 anos, que dirigiu o Flamengo em 39 jogos em 2018, com 19 vitórias, 12 empates, 8 derrotas. Aos 23 anos, fez estágio no FC Porto, com José Mourinho, que ganhou a Champions em 2004.

VIRADA DO CORINTHIANS – Depois de derrotas para o Bragantino e o Bahia, o Corinthians ganhou de virada (2 x 1) do Ceará, em confronto direto por vaga na Libertadores, e subiu para o oitavo lugar com 48 pontos, na noite de ontem (3), na Arena Corinthians. O volante Fabinho fez de cabeça o gol do Ceará, aos 16 do segundo tempo, e o Corinthians virou em sete minutos, com o gol de pênalti do lateral Fabio Santos, aos 21, e do atacante Leo Natel, aos 28, titular após sete jogos na reserva de Jô.