O VISITANTE LIVERPOOL MANTEVE 100% DE APROVEITAMENTO e abriu cinco pontos de vantagem (9 a 4) sobre o Atlético de Madrid, a quem venceu ontem (19) por 3 x 2, no belo estádio Wanda Metropolitano, em Madrid, pela terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, com dois destaques: o egípcio Salah, primeiro da história do Liverpool a marcar em nove jogos consecutivos, e o francês Griezmann, primeiro a fazer dois gols e a ser expulso.

DESDE QUE SAIU DA ROMA PARA O LIVERPOOL, em 2017, Salah marcou 31 gols na Champions. Mais do que ele, só o polonês Lewandowski, do Bayern Munique, que fez 37. Africano mais bem-sucedido na Europa, Salah tem na temporada 2021-2022, quarta no Liverpool, a marca impressionante de 12 gols em 11 jogos, e divide com Vardy, do Leicester, a artilharia do Campeonato Inglês com 7 gols. Salah é um dos jogadores mais técnicos da Premier League.

DESDE QUE VOLTOU DO BARCELONA, ofuscado por Messi e Suarez, o francês Griezmann ainda não recuperou a simpatia do torcedor do Atlético de Madrid. Deu a impressão de que conseguiria ontem (19), depois que Salah e Keita fizeram os gols do Liverpool, aos 8 e aos 13, ao marcar dois gols aos 20 e aos 34, mas falhou feio na volta do intervalo. Griezmann atingiu a cabeça do brasileiro Firmino com a sola da chuteira e foi expulso no ato pelo árbitro alemão Daniel Siebert, tornando-se o primeiro da Liga dos Campeões a marcar dois gols e a ser expulso no mesmo jogo.

DEPOIS DE ABRIR O PLACAR COM UMA PINTURA de gol, após driblar três marcadores, Salah fez o da vitória,na cobrança do pênalti do zagueiro espanhol Mario Hermoso no atacante português Diogo Jota. O Liverpool não esconde o medo de perder Salah, alvo preferido do Real Madrid. Nos acréscimos, o árbitro marcou pênalti para o Atlético de Madrid, mas o VAR não confirmou. Irritado, o técnico argentino Diego Simone não apertou a mão do técnico alemão Jurgen Klopp, que sorriu com ironia.

PRIMEIRA VITÓRIA DO FC PORTO – Depois de 0 x 0 em casa com o Atlético de Madrid e de ser goleado por 5 x 1 pelo Liverpool, o FC Porto voltou ontem (19) ao estádio do Dragão e venceu o Milan por 1 x 0. Após acertar a trave logo aos 4 minutos, o ponta colombiano Luis Diaz marcou o gol da vitória aos 20 e o Porto teve outras chances de ampliar, mas parou no goleiro romeno Tatarusanu, que o Milan comprou com a saída de Donnarumma para o PSG. O Porto é terceiro, igual em pontos (4) ao Atlético de Madrid, mas em desvantagem no saldo de gols.

Foto: Trivela