Escolha uma Página

O REAL MADRID, recordista com 14 títulos, é um dos maiores favoritos nas oitavas de final da Champions, de 13 de fevereiro a 13 de março, ao fazer o jogo de volta com o Leipzig, no Estádio Santiago Bernabeu, embora nos últimos 15 jogos da Liga dos Campeões com alemães, a única derrota que sofreu foi para o Leipzig, após 10 vitórias e 4 empates. O técnico italiano Carlo Ancelotti teve a boa notícia da recuperação de Vinicius Junior, que voltará antes ao time.

OUTRO FAVORITO é o Manchester City, atual campeão europeu, que fará em casa o segundo jogo com o Copenhague, campeão da Dinamarca, uma das gratas surpresas com o 2º lugar na fase de grupos. O time de Guardiola disputou quatro jogos com o Copenhague e ainda não perdeu: duas vitórias, dois empates. A diferença técnica entre as equipes é bem acentuada, ainda que jogando em casa o campeão dinamarquês possa se tornar mais perigoso.

INTER DE MILÃO, atual vice-campeã, e Atlético de Madrid deverão fazer os jogos mais equilibrados das oitavas. Será o reencontro do técnico argentino Diego Simeone, ex-meia de 53 anos, com o time espanhol, após vencê-lo na final da Supercopa da Uefa de 2010 por 2 x 0, em jogo único no estádio do Principado de Mônaco. Simeone jogou na Inter entre 97-98, e com mais tempo no comando de uma equipe, dirigindo o Atlético de Madrid desde 2011.

NAPOLI E BARCELONA se enfrentarão pela segunda vez no mata-mata, com o time espanhol tentando superar a série incômoda de três jogos consecutivos sem vencer os italianos. Já o londrino Arsenal, que fará o segundo jogo com o Porto, em Portugal, tentará evitar a oitava eliminação consecutiva nas oitavas de final. O Bayern Munique é amplo favorito no confronto com a romana Lazio. Nos últimos 12 jogos, os alemães ganharam 10 dos italianos, cinco consecutivos.

O TÉCNICO PETER BOSZ, ex-meia holandês de 60 anos, do PSV, reencontra o Borussia Dortmund, que o demitiu por falta de vitória: 2 empates, 4 derrotas. Ele foi o único técnico que não conseguiu vencer dirigindo o time alemão. Por sua vez, o francês PSG quer eliminar o fantasma espanhol, no mata-mata com a Real Sociedad. Eliminado seis vezes, o PSG só se classificou nas oitavas de final, jogando contra espanhóis, nas oitavas de 2020-2021, quando eliminou o Barcelona.

Fotos: Getty Image