Escolha uma Página

COM O GOL DE PAULINHO, aos 43 minutos do 2º tempo, o Atlético Mineiro venceu o Rosário Central por 1 x 0, na noite de ontem (7), no estádio Gigante de Arroyito, em Rosário, manteve-se 100% – 4 jogos, 4 vitórias – e se classificou em 1º lugar no Grupo G. O Atlético pode ter a vantagem dos jogos de volta do mata-mata em casa.

COM 12 PONTOS e saldo de seis gols – 10 a 4 -, o time do técnico argentino Gabriel Milito dobrou a vantagem sobre o Peñarol, que assumiu a vice-liderança com 6, ao vencer o Caracas por 1 x 0, gol do zagueiro uruguaio Guzman Rodriguez, enquanto o Rosário, com a segunda derrota, caiu para 3º com 4 pontos.

O TIME 100%: Everson, Saravia, Battaglia, Bruno Fuchs e Arana; Otávio, Alan Franco, Zaracho (Alisson) e Gustavo Scarpa (Igor Gomes); Hulk (Vargas) e Paulinho (Pedrinho). Na próxima 3ª (14) o Atlético jogará no Uruguai com o Peñarol, e na última rodada, dia 28, receberá o eliminado Caracas, em sua Arena em BH.

RIVER CEDE EMPATE EM 72 SEGUNDOS

O RIVER MANTEVE a liderança do Grupo H, mas perdeu 100% de aproveitamento, depois de fazer 2 x 0, gols de Miguel Borja e Facundo Colídio, sobre o Nacional, que reagiu e empatou em 72 segundos, na volta do intervalo, com os gols de Gonzalo Carneiro, de pênalti e de cabeça, na noite de ontem (7), em Montevidéu.

QUINTO MAIOR campeão da Libertadores com quatro títulos, o River deixou escapar a chance de garantir a 24ª vaga no Mundial de Clubes, primeiro com 32 times, em junho e julho de 2025, nos Estados Unidos. O River lidera o Grupo H com 10 pontos, e o Nacional, com 7, deve ficar com a segunda vaga nas oitavas de final.

Fotos: CNN Brasil / Goal