Com o gol do atacante gaúcho Eduardo Sasha, de 28 anos, o Atlético Mineiro venceu (1 x 0) o Coritiba, na noite de ontem (6) e subiu ao terceiro lugar, com 15 pontos em sete jogos, a dois pontos do líder Internacional e a um ponto do vice-lider São Paulo. O Coritiba, com a quinta derrota em oito jogos, voltou ao rebaixamento, terminando a rodada em décimo sétimo com 7 pontos. Sasha fez o gol de cabeça, aos 31 minutos do primeiro tempo, após escanteio do meia Hyoran, com desvio do zagueiro Igor Rabelo.

ATLÉTICO – Rafael, Guga, Igor Rabelo, Junior Alonso e Alan; Jair, Franco (Bueno) e Hyoran (Guilherme Arana); Savarino, Sasha (Marrony) e Keno (Marquinhos). Técnico – Jorge Sampaoli. Único que ainda não empatou no Brasileiro 2020, o Atlético Mineiro é terceiro com 15 pontos – 5 vitórias, 2 derrotas, saldo de seis gols (11 a 5) – e os próximos jogos serão quarta (9), com o Santos, na Vila Belmiro, e domingo (13), no Mineirão, com o Bragantino.

CORITIBA – Wilson, Jonathan (Natanael), Filemon, Sabino e William Mateus; Sales, Galdezani (Igor Jesus) e Bueno (Giovanni); Robson, Giovanni Augusto (Hugo Moura) e Sassá. Técnico – Jorginho. O Coritiba é o primeiro dos quatro últimos – décimo sétimo com 7 pontos em 8 jogos, 2 vitórias, 5 derrotas, 1 empate, saldo negativo de quatro gols (4 a 8) – e os próximos jogos, quarta (9), com o Goiás, em Goiânia, e sábado (12), o clássico com o Athlético Paranaense, na Arena da Baixada.

QUATRO CARTÕES – O árbitro Diego Pombo Lopez, fisioterapeuta de 34 anos, da Federação Baiana, advertiu com cartão amarelo o atacante Robson, do Coritiba, e o zagueiro Junior Alonso, o volante Jair e o atacante venezuelano Savarino, do Atlético Mineiro.

Foto: Paraná Portal