Uma semana depois de ter sido eliminado da Copa Sul-Americana pelo Union Santa Fé, da Colômbia, o Atlético Mineiro foi eliminado da Copa do Brasil pelo Afogados da Ingazeira FC, de Pernambuco, na noite de ontem (26), ao perder (7 x 6) nos pênaltis, após 2 x 2 nos 90 minutos, no estádio Vianão, no município da microrregião do Pajeú, a 386 km do Recife. Na terceira fase, o Afogados jogará com Ponte Preta ou Vila Nova, de Goiás, que decidem a vaga na noite de hoje (27), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

COM MENOS UM – O Afogados da Ingazeira fez 1 x 0, gol de Candinho aos 16 minutos, e o Atlético empatou com Hyoran aos 20. O time pernambucano ficou sem o zagueiro Marcio, expulso ainda no primeiro tempo pelo árbitro Sávio Sampaio, do Distrito Federal, que no segundo tempo também expulsou Hyoran. Na volta do intervalo, Phillip marcou o segundo gol do Afogados e Ricardo Oliveira estabeleceu o empate final de 2 x 2. Nos pênaltis, 7 x 6.

AFOGADOS – Wallef, Jader (Rodrigo), Heverton, Marcio e Thalison; Diego Telles, Douglas Bomba, Eduardo Erê e Candinho (William Gaúcho); Phillip e Diego Ceará. Técnico – Pedro Manta, de 57 anos. O Afogados da Ingazeira FC tem apenas seis anos, fundado em 18/12/2013. Suas cores são as do município – azul, vermelho e branco – e a mascote do time é a coruja, símbolo da inteligência e da sabedoria. O presidente do clube é João Nogueira Lima.

ATLÉTICO – Michael, Guga, Igor Rabelo, Iago Maidana (Savarino) e Arana; Gabriel, Jair (Ricardo Oliveira), Allan e Hyoran; Otero e Di Santo (Nathan). Técnico – Rafael Dudamel, de 47 anos, ex-goleiro da seleção da Venezuela. No início do ano escrevi que era um retrocesso do Atlético. As eliminações estão comprovando. O Afogados da Ingazeira FC, que eliminou o Atlético da Copa do Brasil na noite de ontem (26), é time da Série D do Campeonato Brasileiro.

VISITANTES CONSEGUEM VAGA NOS PÊNALTIS

Um dos confrontos da próxima fase da Copa do Brasil 2020 será entre o gaúcho Juventude, de Caxias do Sul, e o norte-riograndense América de Natal. Sob muita chuva, o Juventude eliminou o XV de Piracicaba, na tarde de ontem (26), no estádio Barão de Serra Negra, no interior paulista. 1 x 1 nos 90 minutos, Juventude 8 x 7 nos pênaltis. Também como visitante, o América eliminou o River do Piauí, na noite de ontem (26), no estádio Alberto Silva, em Teresina. 1 x 1 no tempo normal, 4 x 3 nos pênaltis.

PRIMEIRA VEZ – Em quatro participações, a Ferroviária de Araraquara conseguiu se classificar para a terceira fase da Copa do Brasil pela primeira vez, ao golear (6 x 2) o Águia Negras, do Mato Grosso do Sul, que estava invicto. A goleada foi no belo estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara, a 275 km da capital paulista. O adversário da próxima fase será Operário do Paraná ou América Mineiro, que decidirão a vaga na próxima quinta (5), em Ponta Grossa, a Capital Cívica do Paraná, a 103 km de Curitiba.

VIRADA NOS ACRÉSCIMOS – Os torcedores do Paraná Clube tiveram uma noite de muita emoção, mesmo sob chuva e frio forte, com a empolgante virada (3 x 2) sobre o Bahia de Feira de Santana, ontem (26), no estádio da Vila Capanema, nos arredores de Curitiba. Os baianos fizeram 2 x 0 e o jogo parecia definido, mas os paranistas reagiram nos minutos finais dos acréscimos, com os gols de Thales, Fabrício e Bressan. 

Foto: Jornal do Commercio – UOL