São apenas quatro rodadas, mas Avaí e CSA já estão no caminho de volta à Série B em 2020, pelo menos a julgar pelo que não jogaram na noite deste domingo (12), no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Os torcedores estão perdendo a paciência muito cedo com o time que ganhou o Campeonato Catarinense, mas que só conseguiu dois empates no Brasileirão e não à toa é penúltimo colocado, com muita chance de receber a lanterna do Vasco no fim da próxima rodada, em São Januário.

O Centro Sportivo Alagoano conseguiu os dois pontos, em Maceió, no 1 x 1 com os reservas do Palmeiras e em seu primeiro 0 x 0 com o Santos. Depois do terceiro empate consecutivo, na noite deste domingo (12), o time do técnico carioca Marcelo Cabo ainda não deverá conseguir a primeira vitória na próxima rodada: o jogo será com o Internacional, na Arena Beira Rio, em Porto Alegre.

Avaí 0 x 0 CSA teve boa arbitragem do paraense Dewson Freitas, que mostrou cartão amarelo Luan Pereira, do Avaí, e Nilton e Castan, do CSA. O desinteresse do público pelo jogo está bem refletido nos números da bilheteria: R$97.062,00. 4.852 pagantes!