Escolha uma Página

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia ganhou de virada (2 x 1) do Ceará, com o golaço de letra do atacante Edigar Junio, tirou o Fluminense do décimo lugar e ajudou o Vasco a subir para o décimo quarto com 39 pontos, enquanto o Ceará caiu para o décimo quinto com 38. O gol da virada foi aos 47 do segundo tempo, quando Edigar Junio completou de letra a assistência do lateral-direito Bruno, levando ao delírio os quase 20 mil torcedores na Arena Fonte Nova, em Salvador. R$328.821,00. 17.825 pagantes.

O Ceará abriu o placar logo aos sete minutos, com o gol do atacante Calyson, completando o cruzamento preciso do lateral-direito Samuel Xavier. Foi também com um bom cruzamento do volante Elton, aos 43 minutos, que o meia-atacante Zé Rafael empatou de cabeça, mais de três depois de marcar pela última vez, em 8 de agosto, na vitória sobre o Cerro Porteño, do Paraguai, em jogo da fase de grupos da Sul-Americana. Boa arbitragem do paulista Rafael Claus.

Imagem / site do oficial do Bahia

VIRADA 29 – A vitória do Bahia foi a nona em dezessete jogos na Arena Fonte Nova. A primeira que o time do técnico Enderson Moreira obteve de virada e também por 2 x 1, após onze empates e doze derrotas. O Bahia subiu uma posição e terminou a rodada em décimo, com 44 pontos, três a mais que o Fluminense, que perdeu 3 x 0 para o lider Palmeiras. Os dois jogos restantes fora serão com os mineiros Atlético (sábado, 17) e América. Em casa, o Bahia jogará com Fluminense e Cruzeiro (última rodada).

10 FORA – O Ceará sofreu a décima derrota em dezessete jogos como visitante, em que obteve quatro empates e apenas três vitórias. Com 38 pontos – 9 vitórias, 11 empates, 14 derrotas, 29 gols marcados e 36 sofridos -, o time do técnico gaúcho Lisca ainda tenta se manter na Série A. Como visitante, jogará com o Fluminense (próxima segunda, 19, no Maracanã) e Atlético Paranaense. Os jogos finais fora de Fortaleza serão com o Paraná e o Vasco (última rodada).