Em jogo com dois gols de cabeça, o Bangu foi eliminado pelo Oeste, de Itápolis, município a 360 km de São Paulo, na tarde de ontem (12), no estádio da estação ferroviária de Guilherme da Silveira, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Rodrigo Lobão fez o gol do Oeste aos 11 do primeiro tempo e Alyson empatou aos 7.

SEM ILUMINAÇÃO – Na volta do técnico Enderson Moreira e com falha do goleiro Fernando Prass, o Ceará venceu (2 x 1) o Bragantino, do Pará, na  tarde de ontem (12), porque ainda não há iluminação no estádio Diogão, em Bragança, maior polo pesqueiro do estado, a 220 km da capital Belém. Luis Otávio e Bergson fizeram os gols do vice-campeão cearense, e o atacante Canga marcou o gol do Bragantino. O Ceará jogará na segunda fase com o Oeste.

VIRADA DO REMO – 46 vezes campeão paraense, o Clube do Remo ganhou (2 x 1, de virada) do Frei Paulistano, campeão de Sergipe, na tarde de ontem (12), no estádio municipal Jairton Menezes, o Titão, sob muita chuva, em Frei Paulo, a terra em que Virgulino Lampião nunca ousou entrar, a 76 km de Aracaju. Luan fez o gol do Touro do Agreste. Fredson e Ermel, os gols do Remo, adversário do Brusque na segunda fase da Copa do Brasil.

BOAVISTA COM ZEQUINHA – O Esporte Clube São José, da zona norte de Porto Alegre, tratado carinhosamente como Zequinha pelos torcedores gaúchos, será o adversário do Boavista, de Saquarema, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, na segunda fase da Copa do Brasil, após a virada (2 x 1) de ontem (12) sobre o Caucaia EC, no estádio Raimundão, em Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza, a 17 km da capital cearense. O jogo único será na próxima quarta (19), em Bacaxá, distrito de Saquarema. O São José terá a vantagem do empate.

BRUSQUE ELIMINA SPORT – Campeão da Série D em 2019, o Brusque passou à segunda fase da Copa do Brasil, ao vencer (2 x 1) o Sport Club Recife, de volta à Série A em 2020, ontem (12), no estádio Augusto Bauer, em Brusque, a cidade catarinense dos tecidos, a 99 km da capital Florianópolis. Edu e Ianson fizeram os gols. O do Sport, que chegou a empatar, foi do uruguaio Leandro Barcia

ATLÉTICO NO SUFOCO – O Atlético Mineiro, ainda sem convencer desde que o técnico venezuelano Rafael Dudamel assumiu, passou à segunda fase da Copa do Brasil pela vantagem do empate, no 0 x 0 da noite de ontem (12), no estádio Ernani Sátiro, o Amigão, em Campina Grande, comparada pelos paraibanos à inglesa Liverpool, a 112 km da capital João Pessoa. O vencedor de Afogados (PE) x Atlético Acreano, hoje (13), será o adversário do Atlético Mineiro.

DIEGO TARDELLI, paulista de 34 anos, acertou ontem (12) a volta ao Atlético pela terceira vez, depois de 100 jogos e 69 gols, de 2009 a 2011, e de 38 gols em 101 jogos, de 2013 a 2014. Bom lembrar: há duas semanas, quando perguntado se Diego Tardelli poderia voltar, o presidente Sergio Sette Câmara, do Atlético Mineiro, respondeu com uma pergunta: “Isso aqui virou asilo?” O jogador foi rápido e curto na resposta: “Mereço respeito”.

VILA NOVA ELIMINA GALVEZ – Com o gol do zagueiro norte-riograndense Adalberto, de 32 anos, o Vila Nova, de Goiânia, eliminou o Galvez EC, na noite de ontem (12), na Arena da Floresta, em Rio Branco, capital do estado do Acre. O gol foi aos 11 do segundo tempo, quatro minutos após a expulsão do zagueiro Paulo, do Galvez, e o 1 x 0 evitou a demissão do técnico Ariel Mamede. O vencedor de hoje (13), Ponte Preta ou Novo Hamburgo, será o próximo adversário do Vila Nova.

ÁGUIA NEGRA VOA ALTO – Com 2 x 1 sobre o Sampaio Corrêa, de São Luis, recordista de títulos de campeão maranhense (33, oito invictos), o EC Águia Negra, campeão do Mato Grosso do Sul, classificou-se pela primeira vez à segunda fase da Copa do Brasil, na noite de ontem (12), enquanto o Sampaio Corrêa foi eliminado, pela primeira vez em sete anos, na primeira fase. Três mil torcedores comemoraram, como se não houvesse amanhã, no estádio Ninho da Águia, na cidade de Rio Brilhante, a 160 km da capital Campo Grande.

Foto: João Carlos Gomes / Bangu