No primeiro jogo após ganhar o título com três rodadas de antecedência, o Barcelona recebeu a homenagem do Celta, no estádio Cornellà-El Prat, em Vigo, município mais populoso da Galícia, no noroeste do país, mas acabou sofrendo a terceira derrota (2 x 0), na noite deste sábado (4), com uma equipe de juvenis, em que o francês Dembélé sofreu estiramento na perna e não atuará mais no restante da temporada. Os jogadores do Barcelona foram aplaudidos pelos do Celta, ao entrarem em campo pelo pasillo (corredor em espanhol), uma reverência tradicional na Espanha aos campeões.

LIGA DOS CAMPEÕES – Com o time já campeão, o técnico Ernesto Valverde poupou os titulares para o jogo de volta da próxima terça (7) com o Liverpool, na Inglaterra, onde o Barcelona pode garantir a classificação para a final da Liga dos Campeões, dia 1 de junho, em Madrid, mesmo com derrota por dois gols. Dembélé não será uma das opções do técnico, que deve manter o time dos 3 x 0 do jogo de ida da última quarta (1), no Camp Nou, onde o Barcelona recebeu quase 100 mil torcedores.

CELTA ESCAPOU – A décima vitória do Celta levou o time galego ao décimo quarto lugar com 40 pontos, cinco à frente do Valladolid, de Ronaldo Fenômeno, primeiro do rebaixamento com 35. Os outros dois a serem rebaixados são o Rayo Vallecano, penúltimo com 31, e o lanterna Huesca, com 30. O Real Celta de Vigo completará 96 anos em agosto e é um dos 11 times com mais de 50 temporadas na primeira divisão. O brasileiro com passagem mais destacada pelo clube foi o campeão mundial Mazinho, que brilhou no Vasco e no Palmeiras, antes de se transferir para a Europa.

NOVE PONTOS – Apesar da derrota, o já campeão Barcelona manteve a diferença de nove pontos (83 a 74) sobre o vice-lider Atlético de Madrid, que neste primeiro sábado (4) de maio, sofreu a sexta derrota (3 x 0) fora de casa para o Espanyol de Barcelona, com um gol contra do zagueiro uruguaio Diego Godin e dois gols de Borja Iglesias. Mesmo assim, o Atlético não sairá da vice-liderança, ainda que o Real Madrid, terceiro com 65, vença o Villarreal, neste primeiro domingo (5) de maio, em Madrid.

Foto: Barca Blaugranes