O jornal Mundo Deportivo, de Madrid, publica ampla matéria neste domingo (7) sobre a discussão entre Nadine Gonçalves, mãe de Neymar, e seu noivo Tiago Ramos, 30 anos mais novo, que levou 12 pontos no braço direito, após discussão e socos na janela da cobertura de luxo em que moram, em Santos, desde 11 de abril, quando ela publicou nas redes sociais: “O inexplicável não se explica, se vive“. Embora o episódio tenha ocorrido na última terça (3), só hoje (7) foi revelado pela polícia de Santos.

GRITARIA – O detalhamento do caso revela que os vizinhos do condomínio acionaram a polícia na própria noite da terça (3) – por volta das 20 horas -, devido à gritaria do casal na cobertura de luxo em que vivem Nadine, de 53 anos, mãe de Neymar, e seu noivo Tiago, de 23 anos. Só sexta (5), o casal foi intimado a depor perante à delegada Edna Pacheco, que fez novo registro da ocorrência. Tiago foi atendido na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e depois levado de ambulância para a Santa Casa de Santos. Na sutura, levou 12 pontos no braço direito.

AGRESSÃO – O noivo da mãe de Neymar, que morou na casa do jogador durante o tempo em que atuou no Barcelona, já havia sido acusado de agressão pela funcionária de uma loja, que era sua namorada e também levou o caso à polícia. A assessoria de Neymar procurou resumir o problema, informando que Nadine e Tiago estão mantendo o isolamento social. São Paulo é o epicentro brasileiro da pandemia do coronavírus com quase 680 mil casos de infecção e mais de 36 mil mortes.

Foto: Reprodução