Escolha uma Página

O Bayern Munique, recordista de títulos (34), com nove consecutivos, reverenciou a memória de Gerd Muller, maior artilheiro do campeonato com 365 gols, antes e depois de ganhar pela nona vez a Supercopa da Alemanha com a vitória por 3 x 1 sobre o Borussia Dortmund, diante de 25 mil torcedores no Signal Iduna Park, em Dortmund. Com a camisa 9, todos os jogadores entraram em campo em passos lentos para o aquecimento.

CAMISA 9 – O Bayern estreou a camisa nas cores branca e azul, que usará na Liga dos Campeões, com desenho das montanhas, um dos símbolos do estado da Baviera, maior estado do país. Durante o minuto de silêncio, com os jogadores perfilados, o capitão Thomas Muller ergueu os braços para exibir a camisa vermelha, que Gerd Muller usava e com a qual marcou 566 gols em 607 jogos em 15 anos de carreira vitoriosa no clube, entre 1964 e 1979.

OBRIGADO – O goleiro Manuel Neuer, também titular da seleção alemã, entrou em campo com a camisa “Danke, Gerd”(Obrigado, Gerd, tratado mais pelo prenome do que pelo sobrenome Muller). O técnico Julian Nagelsmann, de 34 anos, antes de ganhar o primeiro título, baixou a cabeça durante o minuto de silêncio. No final, comemorando a conquista, revelou que “Gerd deixou uma semente que renderá muitos frutos ao Bayern por várias temporadas”.

LEWANDOWSKI – Com a bola rolando, Robert Lewandowski e Thomas Muller comandaram mais um show do Bayern, superior do início ao fim. Lewandowski fez o gol do primeiro tempo, aos 40 minutos, completando de cabeça o cruzamento de Gnabry, e na volta do intervalo, aos 4 minutos, deu um passe de letra para Thomas Muller fazer 2 x 0. Marco Reus, aos 18, marcou o gol do Borussia, e Lewandowski fez o terceiro do Bayern aos 28 minutos.

OS CAMPEÕES – Neuer, Stancic (Saar), Upamecano e Davies; Kimmich, Goretzka e Coman (Sané); Gnabry (Tolisso), Lewandowski (Choupo-Moting) e Thomas Muller – o Bayern campeão da Supercopa da Alemanha pela nona vez. Os jogadores usaram fita preta no braço. O clube não antecipou como será a homenagem a Gerd Muller no jogo da segunda rodada do campeonato, domingo (22), com o FC Colonia, na Arena Munique.

Foto: Twitter | Archysport