O BAYERN MUNIQUE, A CAMINHO DO DÉCIMO TÍTULO CONSECUTIVO de campeão alemão, goleou o Benfica, do técnico Jorge Jesus, por 4 x 0, na noite de ontem (20), no estádio da Luz, em Lisboa. Com 12 gols em 3 jogos, média de 4 gols por jogo, o Bayern ainda não sofreu gol e lidera invicto o Grupo E com três vitórias em três jogos, depois de fazer os quatro gols em 14 minutos. O returno começa dia 2 de novembro, quando o Bayern receberá o Benfica na Allianz Arena.

SEM TÉCNICO – O Bayern foi orientado pelos assistentes Dino Topmoller, de 40 anos, e Xaver Zembrodi, de 55, ambos seus ex-jogadores, porque o técnico Julian Nagelsmann, ex-zagueiro de 34 anos, muito gripado, ficou em Munique. Depois dos gols de Robert Lewandowski, que desviou a bola com o braço, e Thomas Muller, em impedimento, anulados pelo VAR, a equipe alemã teve calma, continuou dominando e marcou os quatro gols em catorze minutos.

LEROY SANÉ, ponta alemão de 25 anos, abriu e fechou a goleada. Marcou o primeiro, de falta, aos 25, e o quarto, aos 39. O meia cearense Everton Cebolinha, ex-Grêmio, que caiu de rendimento e perdeu a posição, fez gol contra, de cabeça, desviando cruzamento de Gnabry, da linha de fundo, três minutos após substituir o atacante ucraniano Yaremchuk. O terceiro gol foi de Lewandowski, vice-artilheiro com 5 gols, junto com o egípcio Mohamed Salah, do Liverpool.

Foto: TSF